Qual é a diferença entre um treinador e um professor?

O treinamento profissional é melhor compreendido comparando-se

cinco tipos de profissionais que ajudam:

Professores / Educadores

: ensina ou instrui uma pessoa ou grupo para algum propósito ou ocupação específica.

Terapeutas

: são profissionais clínicos licenciados e treinados para diagnosticar e tratar distúrbios mentais, emocionais e psicológicos.

Conselheiros

: forneça orientações para ajudar uma pessoa a resolver problemas sociais ou pessoais, como conselheiros de perda de peso, conselheiros de dependência, etc.

Consultores

: são especialistas que dão conselhos ou informações especializadas para solucionar problemas, otimizar o funcionamento, como consultor de negócios, consultor de informática etc.

Treinadores

: ajude seus clientes a identificar e atingir seus objetivos, supondo que o cliente seja o especialista no que precisa para ter sucesso. A arte e a ciência do coaching são ajudar um cliente a alcançar seu maior objetivo e superar seu maior obstáculo, ajudando-o a acessar sua sabedoria e poder interior sem ser um “guru” e dizer o que deve fazer.

IMHO não muito. Eu sou ambos. Na aula ou no campo, a pergunta essencial é "qual é o meu resultado desejado e como chego lá?" Eu tenho que preparar os alunos para os testes para que eles tenham as habilidades necessárias para avançar (ou talvez apenas passar na aula) e eu tenho que preparar os jogadores para os jogos. Nas duas situações, meu trabalho é dar a eles a melhor chance possível de sucesso.

A maior diferença é que meus "testes" como treinador acontecem na frente de 2.000 pessoas, que se consideram especialistas :)

É sobre as qualificações em geral, e também paga. Um treinador pode não exigir uma qualificação formal como um Bacharelado em Educação. Muitos deles fazem isso muito bem. Para mim, tendo trabalhado com sucesso como assessor, tutor e professor, eu diria que o conhecimento e a teoria subjacentes aos modelos educacionais, bem como a maneira de atender aos estilos de aprendizagem, foram a grande diferença. Os pais me procuravam como tutor e eu fazia contato com o professor para ver se eles tinham uma direção que eles queriam que o aluno seguisse, mas tenho certeza de que eu seria um tutor melhor por causa, não apenas dos meus anos como Assistente Especial , mas o que levou quatro anos de universidade para me preparar para ensinar da maneira mais eficaz possível. Na verdade, eu estava ensinando enquanto estudava meu Bacharelado em Educação. Eu sabia mais do que antes de estudar. Mas a minha verdadeira vantagem foi trabalhar com professores de todos os tipos nos meus 17 anos como Assessor Especial. Infelizmente, muitos professores não assistem a outros professores e, embora isso não seja necessário, isso me permitiu acompanhar e aprender com bons professores e, espero, não cometer os erros de professores que não foram tão bem-sucedidos.

Um treinador profissional é muito diferente de um professor.

Um treinador ajuda as pessoas a se ajudarem. Os treinadores se concentram em ajudar as pessoas a identificar áreas de necessidade pessoal ou profissional, eliciar metas e estratégias para alcançá-las e servir como mecanismos de responsabilização para reforço positivo. Um treinador aprende a inverter a energia negativa de uma pessoa e a converte em etapas positivas para edificação e fortalecimento.

Um professor instrui a partir de seu próprio conhecimento, prepara esse conhecimento através de um veículo para transmissão, transmite esse conhecimento (palestras, atividades, oficinas) e, em seguida, usa técnicas de acompanhamento para medir a capacidade de aprendizado (exames, testes) e, finalmente, fornecendo alunos com uma caixa de ferramentas para avaliar o potencial de aprendizagem (notas, comentários).

Professor

- O foco está no professor, seu conhecimento, sua experiência e seu estilo de ministrar uma palestra.

Treinador

- tem tudo a ver com o aluno, centrada no aluno, como aprender com exemplos reais, como aplicá-lo na vida de alguém, como entender através de 'aprender fazendo' do que ouvir uma palestra.

Professor-

Existe principalmente uma maneira de comunicação do professor para o aluno e o aluno continua concordando com 'sim'.

Treinador-

Existe uma comunicação bidirecional entre professor-aluno, perguntas são feitas de ambos os lados, feedback é obtido por ambas as partes. O conhecimento é construído através da co-criação nesse espaço.

Professor-

conhece e diz a você a melhor maneira de fazer as coisas.

Treinador

- Observe e observe como você faz as coisas e fornece um feedback positivo e construtivo de como podemos torná-lo melhor e melhorá-lo.

Professor-

Dá conhecimento e pede que você o siga para se tornar perfeito.

Treinador

- Emocional e intelectualmente desafia você a alcançar o ponto lógico, se esforçando e aprendendo meus erros.

Professor

- Compartilha conteúdo com um relacionamento transacional único.

Treinador

- Colabora, interage, mentores, guias, é amigo e filósofo do trainee.

Professor-

Compartilha conhecimento com a noção de que, se adotada, criará muitos benefícios para o aluno.

Treinador-

Dá perspectivas, idéias, respostas convincentes, não há julgamento, respostas certas e erradas, é aprendizado contínuo. Baseado mais em observações.

Ensino

- Pode ser baseado em multidões, impessoal e cobrindo uma população de grande porte.

Coaching

- É pessoal, trabalha em grupos menores. Os treinadores também podem orientar os alunos no 'one-on-one'.

Ensino-

Concentra-se na entrega, de natureza passiva, chata, aluno perde a atenção e tem pouca ou nenhuma participação do aluno. O aluno faz muitas anotações. Tem muito baixa retenção e recall.

Coaching

- Incentiva o diálogo, a aprendizagem ativa, mais visual, induz o pensamento e desafia as crenças dogmáticas. Coaching é 'experiencial'. Permanece por mais tempo na mente e no coração do aluno e ele / ela pode aplicá-lo.

Ensino

- É um conhecimento unidirecional, não conversacional, diretivo, de comando e de projeção do treinador.

Coaching

- Possui alta energia, sorriso no rosto, paixão pelo parto, vontade de aprender, compartilhar, dar exemplos, desenhar, oferecer cenários, narrar histórias, e um bom treinador faz muitas perguntas aos estagiários e os motiva a pensar mais profundamente .