Qual é a diferença entre um relatório de auditoria qualificado e não qualificado?

Relatório de auditoria não qualificado é um relatório emitido quando o auditor, após coletar evidência de auditoria suficiente e apropriada, conclui que as demonstrações financeiras mostram uma visão verdadeira e justa. o conteúdo e os requisitos para um relatório de auditoria não qualificado são cobertos pela norma internacional sobre auditoria de auditoria (ISA) 700.

O relatório de auditoria qualificado, por outro lado, é um relatório emitido pelo auditor no qual o auditor não foi capaz de coletar evidência de auditoria suficiente e apropriada, distorção descoberta nas demonstrações contábeis. os auditores geralmente qualificam seu relatório de auditoria quando concluem que a distorção que descobriram ou a limitação do escopo que enfrentam é material, mas não generalizada. A exigência de como lidar com um relatório de auditoria qualificado é fornecida na ISA 705.

O relatório de auditoria consiste em várias seções, como:

  • A opinião
  • Ênfase na matéria
  • Outros assuntos
  • Outra informação
  • Assuntos regulatórios e outros assuntos legais
  • Principais assuntos de auditoria

A primeira seção é o parágrafo PARECER, que está sempre presente. Você tem dois tipos de opinião:

  • Não modificado (correto)
  • Modificado (algo está errado)

A opinião "modificada" pode ser subcategorizada nos seguintes tipos de opinião modificada:

2a) Qualificado: está tudo certo, exceto × ×^^. Em outras palavras, uma opinião qualificada é fornecida se você conseguir identificar exatamente qual transação, saldo ou apresentação está materialmente incorreta. Esse tipo de distorção é referido como "não difundido".

2b) Adverso: As demonstrações financeiras como um todo estão materialmente distorcidas. Você não consegue identificar individualmente quais transações, saldos ou apresentações estão incorretos. Essas distorções são chamadas de "difundidas", pois afetam as demonstrações contábeis como um todo e não apenas os itens de linha individuais.

2c) Sem opinião: Você declarará que não poderá emitir uma opinião se houver uma limitação de escopo que impossibilite a formação de uma opinião sobre as demonstrações contábeis como um todo. Observe que, se houvesse uma limitação de escopo apenas em itens de linha específicos, uma opinião qualificada seria preferida, informando que tudo estava bem para os itens de linha a seguir para os quais havia uma limitação de escopo. Portanto, para não emitir opinião, a limitação do escopo deve ser generalizada (aplicada a todas as demonstrações financeiras).

Observe que a pergunta relacionada aos tipos de "relatórios" de auditoria está incorreta. Devem ser tipos de “opiniões” de auditoria, que são apenas uma seção do relatório, conforme declarado no início da minha resposta.

Qualificado, significa que o auditor não pôde verificar tudo de forma satisfatória e, portanto, teve que qualificar sua opinião de auditoria. A opinião não é "limpa". Muitas vezes, em instituições de caridade, é padrão para o auditor emitir um relatório qualificado, porque é difícil verificar se a receita recebida está correta.

Um relatório não qualificado é o oposto. Geralmente, é uma opinião de auditoria limpa. ou seja, está tudo bem.

Um relatório de auditoria não qualificado é um "atestado de integridade" que o auditor entrega à empresa. Esse tipo de relatório significa que o auditor não detectou nenhuma quebra significativa de controle interno durante seu exame. Um auditor geralmente aplica padrões de auditoria geralmente aceitos para garantir que os controles internos de uma empresa sejam adequados, funcionais e estabelecidos em conformidade com leis e regulamentos. Inqualificável é o objetivo final da liderança de qualquer empresa. Por outro lado, um auditor emite uma opinião qualificada quando encontra um dos dois tipos de cenários que não aderem aos princípios contábeis geralmente aceitos: desvio único do GAAP e limitação de escopo. O auditor pode emitir uma opinião qualificada e explicar os motivos da qualificação. O relatório de auditoria qualificado não é tão ruim quanto uma opinião adversa, mas às vezes pode ser prejudicial para uma corporação.

Obrigado

Em resumo, existem 2 tipos amplos de opiniões de auditoria

modificado

e

não modificado

  • Parecer não modificado (relatório); Emitido quando as demonstrações contábeis são, em todos os aspectos relevantes, preparadas de acordo com uma estrutura de relatório financeiro aplicável. Ou livre de distorção relevante. O texto da opinião é "reflete uma visão verdadeira e justa ..." ou "... presente de maneira justa em todos os aspectos materiais ..."
  • O parecer modificado (relatório) pode ser um dos três abaixo:
  1. Qualificado = distorção relevante não generalizada nas demonstrações financeiras. O texto da opinião é “exceto para…” Adverso = distorção relevante do material e + Incapacidade de coletar evidência de auditoria apropriada e suficiente (Limitação do escopo). O texto da opinião é "... não reflete uma visão verdadeira e justa ..." Isenção de responsabilidade = distorção relevante + incapacidade generalizada de coletar evidência de auditoria apropriada e suficiente (limitação generalizada do escopo). O texto da opinião é "... não é possível expressar uma opinião ..."

No contexto indiano, existem dois tipos de opinião

  • Não modificado
  • Modificado

Que, na opinião do auditor / profissionais, as demonstrações financeiras (ou qualquer coisa sobre a qual a opinião exija demanda) são distorções relevantes do princípio geral de auditoria aceito, bem como

Escopo.

Se não houver distorções relevantes, a opinião dada é uma opinião não modificada, comumente conhecida como opinião não qualificada.

Se houver distorções relevantes, a opinião é dada como opinião modificada.

A opinião modificada possui 3 tipos, que são os seguintes: -

  • Opinião qualificada: - que estão sujeitas a algumas áreas / pontos das demonstrações contábeis mencionadas abaixo, como um todo, livres de distorções relevantes e dando uma visão verdadeira e justa.
  • Opinião adversa: - que os demonstrativos financeiros são material totalmente / persasivo
  • Opinião de exoneração de responsabilidade: que, na ausência de evidência suficiente e apropriada, o auditor não possa dar qualquer opinião.

Espero que você esteja satisfeito.

obrigado

Um relatório de auditoria não qualificado é um relatório de auditoria sem nada pendente ou fora do comum (nada para ver, sem necessidade de levantar problemas).

Um relatório qualificado é um relatório de auditoria com algum tipo de "mas" ou "exceto". Por exemplo, se os auditores não puderem concordar com o cliente no saldo das contas de inventário, mas o cliente insistir que estão corretos, os auditores podem emitir um relatório qualificado que basicamente declara que tudo o que eles verificaram está alinhado com a prática do setor, com exceção do inventário.

(O termo técnico é "apresentado de maneira justa e precisa, de acordo com [inserir aqui a estrutura contábil aplicável]".)

Para uma explicação mais detalhada, consulte qualquer livro de introdução à auditoria.