Qual é a diferença entre um contrato expresso e um implícito

Contrato expresso significa um contrato cujos termos e condições são definidos em preto e branco e devidamente executados.

O contrato implícito evoluiria a partir do curso dos negócios ou transações.

No caso de você comprar um aparelho elétrico de uma loja, o pedido e a fatura formariam um contrato expresso, mas o fato de alguém da loja vir à sua casa para configurá-lo e executar uma demonstração é um contrato implícito.

Muitas variações no significado desses termos, mas acho que podem ser generalizadas como acima.

Bem, vamos pegar o exemplo do contrato de garantia.

Existem 3 partes neste contrato, a saber:

A: O credor

B: Devedor Principal

C: Segurança para B

Agora, existe um Contrato entre A e B que A concederá um empréstimo a B e B pagará o valor com juros em um determinado momento. Este é um contrato expresso.

Agora, C é garantia para B e é uma garantia para A para o empréstimo que ele adiantou.

Agora, se B fizer um padrão para pagar seu empréstimo, A tem o direito de processar C para recuperar seu dinheiro. Depois que ele recebe o dinheiro, ele (A) fica fora de cena.

Agora C pode reivindicar esse dinheiro (que ele pagou a A que realmente tinha que ser pago por B) de B, mas na verdade não havia tal contrato entre eles, mas isso é chamado de contrato implícito, que pode ser implícito na conduta das partes.

Espero que ajude você a entender o tópico.

Um contrato expresso é aquele em que os termos são expressos em palavras, escritas ou orais.

Existem dois tipos de contratos implícitos - os implícitos de fato e os implícitos na lei.

De fato, um contrato implícito é um contrato real em que as partes chegam a um acordo (existe oferta / aceitação e consideração), mas não usam palavras para manifestar esse contrato. Exemplo - você vai ao médico para tratamento, mas não diz - eu concordo em pagar pelo que recebo e o médico não diz: "Só vou tratá-lo se você me pagar." Toda pessoa sensata sabe ou não deve pagar pelo tratamento médico. Os tribunais considerariam o ato de se apresentar para tratamento com um médico em consultório particular e o médico fornecendo o tratamento como um contrato para pagar pelos serviços médicos.

Um contrato implícito na lei é um caso em que não existe acordo real entre as partes, mas os tribunais agem como se houvesse razões de justiça.