Qual é a diferença entre um ator e um ator de cinema?

Tamanho.

A sério. Tamanho importa.

No palco, você tem a liberdade de ser tão grande quanto quiser com a expressão de sua emoção. Suas palavras e gestos precisam chegar ao fundo da varanda para que os clientes pagantes possam apreciá-los.

No filme, você tem que ser muito mais sutil. A câmera capta até o menor tique e o amplia para que o piscar de olhos que você achou apropriado pareça estar com uma careta de dor. No filme, você deve acordar e perguntar ao DP (diretor de fotografia) qual será o enquadramento da foto, para que você possa ajustar seus movimentos para serem reconhecidos nesse quadro.

No palco, você pode comer o cenário, se quiser.

O grande ajuste é "projeção"

Não é a câmera de filme. Sua voz.

Se você é ator de teatro, aprende a falar em voz alta. Mesmo se você estiver usando um microfone (o que é mais comum hoje em dia), ainda está tentando garantir que todos em uma sala que possa acomodar algumas milhares de pessoas ainda possam ouvi-lo. Sim, a acústica ajuda, mas você aprende a "crescer".

Nos filmes, você pode falar no volume que quiser e os microfones modernos ainda o atenderão. De qualquer forma, se não o fizerem, sempre haverá regravação na pós-produção. Solicita-se aos atores dos filmes que "mantenham o som" no tom normal de conversação. Somente as pessoas sonoras precisam ouvi-las.

Se você assistir a este filme, poderá ver a transição das décadas de 1920 para a década de 1940, à medida que os microfones ficam cada vez melhores. Os primeiros atores de "talkies" ainda precisavam falar alto porque os microfones eram horríveis. Em 1940, os microfones eram ótimos e podiam captar um sussurro. Na década de 1950, Marlon Brando e James Dean mal conversavam e você ainda ouvia tudo.