Qual é a diferença entre time e space time?

Aqueles que entendem o espaço e o tempo como características distintas da realidade falam como se:

"Espaço é a extensão dos aspectos físicos da realidade"

e

"O tempo é um aspecto ou dimensão separada da realidade."

Aqueles que acreditam que espaço e tempo são características inseparáveis ​​da realidade tendem a se referir a ambos como "espaço-tempo". Um aspecto da realidade com recursos duplos.

“Eu não sei o que tenho que escrever, então definimos o tempo em si. mas se você está lendo isso, é tempo espacial. e se você existe neste universo e não pode ler isso, é tempo de si e do espaço que eu lhe envio não é o deles e apenas o seu tempo existe. ”

coisa pessoal, você pode ignorá-lo se quiser:

ainda preciso de mais livros para ler, conhecer e imaginar mais e mais para ver a natureza mais simples deste mundo e além da dimensão superior. mas lamento dizer que não tenho dinheiro suficiente para comprar livros e ninguém para apoiar. mas este não é o fim que eu administrarei e um dia …………………… ..

O tempo está passando do espaço-tempo. Seu espaço-tempo e uma pessoa espaço-tempo, movendo-se em relação a você, não serão os mesmos.

A diferença está na simultaneidade dos mesmos eventos. Por exemplo, em seu espaço-tempo, dois balões explodem simultaneamente, mas na outra pessoa (em movimento) espaço-tempo, o mesmo evento não ocorre simultaneamente.

Da mesma forma, se você tem um livro de histórias ilustradas, agora você o divide em um ângulo, em pedaços e os vincula a um livro. Os dois livros terão as mesmas fotos, mas agora sua simultaneidade muda.

Não há diferença, o tempo ainda é tempo, se você o considera sozinho ou como parte do espaço-tempo. Para entender por que olhamos para o espaço-tempo, precisamos olhar um pouco da história:

O primeiro passo na teoria especial (STR) foi dado por Lorentz, que percebeu que as equações de Maxwell não respeitavam a relatividade (relatividade galileana). Tome dois quadros de referência, S1 e S2, conectados por transformações galileanas (x '= x-vt, t' = t). Faça dois cálculos:

  • Dadas cargas e correntes em S1, calcule E e B em S1 e depois transforme-as para obter E 'e B' em S2
  • Transforme cargas e correntes em S2 e use-as para calcular E ”e B” em S2.

Você deve obter os mesmos resultados (E '= E ”e B' = B”), mas não obtém. As transformações estão erradas e Lorentz derivou as transformações corretas, que misturam x e t.

Einstein deduziu as mesmas transformações usando o fato de que a velocidade da luz deve ser constante em dois quadros em movimento. No entanto, mesmo nesta fase, espaço e tempo eram conceitos distintos, e nenhuma tentativa foi feita para combiná-los em uma entidade,

No entanto, Minkowski percebeu que, se considerássemos espaço e tempo como um espaço-tempo 4d, você poderia observar as transformações de maneira mais conveniente:

  • Você tinha que usar uma fórmula métrica ou de distância estranha: no espaço comum, a distância é dada por s2 = x2 + y2 + z2, agora você precisa ter s2 = x2 + y2 + z2 - t2. Observe o importante sinal negativo! (BTW, tomei c = 1 aqui.)
  • Depois de ter essa métrica, você pode se perguntar quais transformações preservam a métrica. Como Einstein já havia demonstrado, são as transformações de Lorentz.
  • Como você tem uma interpretação geométrica da métrica, você pode interpretar as transformações também geometricamente? Acontece que você pode interpretá-los como rotações neste espaço. Por causa do sinal negativo na métrica, verifica-se que as rotações (digamos em x, t) envolvem funções hiperbólicas (cosh, sinh etc.) em vez de funções trigonométricas, mas as coisas se encaixam muito bem. Depois de reconhecer isso, você pode olhar para o grupo Lorentz, suas representações (o que leva mais tarde à idéia de bósons e férmions), etc.

Assim, essa idéia de tratar o espaço e o tempo como parte do mesmo espaço 4d é muito conveniente e leva a resultados extremamente úteis. Conceitualmente, não importa qual imagem você usa, mas acho que é mais conveniente tratar o espaço-tempo juntos. Como eu disse acima, é certamente muito conveniente!

O tempo é um tempo, seja tempo ou espaço-tempo. Antes da teoria da relatividade, os cientistas acreditam que o tempo é absoluto. E é o mesmo para todos.

Mas a teoria da relatividade de Albert Einstein derrubou essa idéia ao introduzir a estrutura do espaço-tempo e disse que o tempo não é absoluto. O fluxo do tempo pode ser diferente. Para nós, tempo e espaço-tempo são iguais para a vida cotidiana, mas diferentes quando se trata de velocidade comparável à velocidade da luz.

Espero que você tenha sua resposta ...

O tempo é a razão da progressão do universo e tudo nele. O tempo é uma função que avança o universo de estado para estado para estado.

O espaço temporal é uma referência a datas e locais. O espaço temporal trata o espaço e o tempo como dimensões, mas o tempo é uma referência para eventos e as dimensões são uma referência para locais, distâncias e formas. Locais, distâncias e formas estão no espaço. Os eventos estão localizados em uma linha do tempo e são referidos por datas.

Tempo e tempo espacial são conotações diferentes do tempo, embora o tempo espacial seja frequentemente referido como uma função. O tempo como progressão não é uma referência a eventos. Em alguns casos, a conotação do espaço-tempo parece cobrir todas as conotações do tempo, mas é realmente apenas uma referência a eventos. Isso ocorre porque a formulação matemática do tempo espacial usada data para derivar o tempo espacial.

Tempo é o que usamos para medir quanto tempo leva para ir de agora a algum ponto no futuro ou no passado.

Espaço-tempo é um conceito matemático que descreve a geometria do Universo e como essa geometria é afetada pela massa ou pela falta dela. Tudo o que existe atualmente em toda parte do Universo neste momento representa o espaço-tempo atual do Universo e seu conteúdo. Mas em um momento, o Universo terá um espaço-tempo completamente novo, quase o mesmo em suas medidas espaciais, mas completamente diferente no tempo, porque não é exatamente o mesmo momento. "Tempo" é apenas a diferença entre esses dois momentos no tempo. O espaço-tempo inclui tudo o mais sobre o Universo.

Espaço-tempo é um termo que descreve a matriz bidimensional na qual nosso universo existe e através do qual as coisas se movem. Consiste em uma dimensão espacial e uma dimensão temporal. Como essas duas dimensões estão interligadas, quanto mais rápido passamos por uma dimensão, mais lentos passamos pela outra.

As distâncias espaciais são medidas em metros, polegadas, quilômetros, milhas, anos-luz, etc. As distâncias temporais são medidas em segundos, minutos, horas, dias, semanas, anos, etc. A taxa na qual passamos pela dimensão espacial é chamada de a velocidade espacial e a taxa na qual passamos pela dimensão temporal são chamadas de velocidade temporal.

A palavra tempo tem significados diferentes, dependendo do contexto. A hora refere-se à hora do dia na sua localização atual. Por exemplo, o horário na Cidade do Cabo é 14h22. A hora é relativa à sua localização.

Cronometrar um evento significa medir o período / duração da duração de um evento. É basicamente o quão longe nos movemos através da dimensão temporal, durante um evento. Então, viajamos 24 horas pela dimensão temporal para cada rotação da Terra em seu eixo.

A terceira definição de tempo é (movimento temporal). Então, passamos pela dimensão espacial e passamos pela dimensão temporal. Nesse caso, tempo é algo que fazemos. Quanto mais rápido nos movemos, mais lento o tempo.

Então o tempo é o movimento através da dimensão temporal, que é uma das 2 dimensões que formam o espaço-tempo.