Qual é a diferença entre o uso de teve, tem e tem sido?

Foi e foi

ambos são usados ​​com o presente perfeito, que é usado quando queremos falar sobre algo que começou no passado, mas (1) ainda está acontecendo agora no presente OU (2) ainda é relevante / verdadeiro hoje.

Por exemplo: eu estive na França. (Em algum momento no passado, fui à França, e esse fato ainda é verdadeiro hoje.) Ela está morando nesta casa há algum tempo. (Ela começou a morar nesta casa em algum momento no passado e ainda mora nessa casa agora. Ela pode continuar morando nessa casa no futuro.)

Presente perfeito

Ter

ou

tem

é usado com um particípio passado para formar o tempo presente perfeito. Esse tempo designa uma ação que começou no passado, mas continua no presente, ou o efeito da ação continua no presente.

Compare estas frases: Meu pai dirigia um ônibus escolar. (passado simples) Meu pai dirige um ônibus escolar por três anos. (presente perfeito)

A primeira frase implica que o pai não dirige mais um ônibus escolar; a segunda frase indica que ele ainda está dirigindo um ônibus escolar.

Passado Perfeito

Esse passado perfeito (também chamado de mais perfeito) é formado com

teve

e um particípio passado. O passado perfeito indica uma ação que foi concluída no passado antes de outra ação ocorrer.

Compare: Ram pintou a garagem quando seus amigos chegaram. (passado simples) Ram havia pintado a garagem quando seus amigos chegaram. (passado perfeito antes do passado simples)

Na primeira frase, Ram começou a pintar a garagem quando seus amigos chegaram. Ele provavelmente estava esperando que eles o ajudassem.

Na segunda frase, Ram havia concluído a ação de pintar a garagem quando seus amigos chegaram.

Nas sentenças que expressam condição e resultado, o passado perfeito pertence à parte da sentença que declara a condição.