Qual é a diferença entre multiprogramação e sistema operacional de compartilhamento de tempo (pelo menos 7 pontos)?

Existem três termos diferentes

  • Multiprocessamento: Nesse caso, vários processadores (ou seja, cada processador possui sua própria CPU, Registro, Cache.) São usados ​​para execução. Com isso, podemos obter processamento paralelo. NOTA: Todos os sistemas com múltiplos núcleos são multiprocessador, mas o contrário não é verdadeiro.
  • Multiprogramação: Neste objetivo, nosso objetivo é alcançar a utilização máxima da CPU (e de outros recursos do sistema) com SINGLE PROCESSOR (ou seja, CPU única). Se estivermos executando um programa SINGLE em um processador SINGLE, não podemos obter a utilização máxima da CPU, pois é provável que o programa aguarde algumas operações de entrada / saída para concluir, até que a CPU permaneça ociosa. Portanto, executamos vários programas no processador SINGLE, de modo que sempre que um determinado programa aguarda algumas operações de E / S ou outras operações, a CPU NÃO fica ociosa e alterna para outro programa para executar.
  • Multitarefa (Compartilhamento de tempo): É a extensão lógica da Multiprogramação. A DIFERENÇA é que, na Multiprogramação, conseguimos uma utilização eficaz dos recursos do sistema (como CPU, memória etc.), MAS NÃO TEM INTERAÇÃO DO USUÁRIO. Enquanto em Multitarefa (Compartilhamento de Tempo), temos Interação com o Usuário (como Entradas do USUÁRIO através do mouse, teclados etc.) e, em seguida, alcançamos a utilização Eficaz dos recursos do Sistema. TAMBÉM aqui, uma vez que estamos recebendo informações do Usuário, então o RESPONSE TIME também é importante. Dá a impressão ao usuário de que todo o sistema é dedicado para uso enquanto é compartilhado entre diferentes usuários. Para saber mais, leia o livro do Galvin OS.

Multiprogramação significa executar ou executar mais de um programa por vez no sistema de computador. Na multiprogramação, a CPU do sistema executa os programas até que todos os programas sejam executados completamente. Com a ajuda da programação múltipla, o tempo será economizado.

Sistema operacional de compartilhamento de tempo significa que muitos usuários podem operar ou executar ao mesmo tempo. Todo usuário pode executar sua tarefa sem nenhuma restrição.

Multiprogramação é a alocação de mais de um programa simultâneo em um sistema de computador e seus recursos. A multiprogramação permite o uso eficaz da CPU, permitindo que vários usuários usem a CPU e os dispositivos de E / S com eficiência. A multiprogramação garante que a CPU sempre tenha algo a ser executado, aumentando assim a utilização da CPU. Por outro lado, o compartilhamento de tempo é o compartilhamento de recursos de computação entre vários usuários ao mesmo tempo. Como isso permitirá que um grande número de usuários trabalhe em um único sistema de computador ao mesmo tempo, reduziria o custo de fornecer recursos de computação.

O que é o sistema de multiprogramação?

A multiprogramação é a troca rápida de CPU entre vários programas. Um programa geralmente é composto de várias tarefas. Uma tarefa geralmente termina com alguma solicitação para mover dados, o que exigiria a execução de algumas operações de E / S. A multitarefa geralmente era feita para manter a CPU ocupada, enquanto o programa atualmente em execução está executando operações de E / S. Comparado a outras instruções de execução, as operações de E / S são extremamente lentas. Mesmo que um programa contenha um número muito pequeno de operações de E / S, a maior parte do tempo gasto no programa é gasta nessas operações de E / S. Portanto, usar esse tempo ocioso e permitir que outro programa utilize a CPU naquele momento aumentará a utilização da CPU. A multiprogramação foi desenvolvida inicialmente no final da década de 1950 como um recurso de sistemas operacionais e foi usada pela primeira vez na computação de mainframe. Com a introdução das tecnologias de memória virtual e máquina virtual, o uso da multiprogramação foi aprimorado.

O que é o sistema de compartilhamento de tempo?

O compartilhamento de tempo, que foi introduzido na década de 1960, é o compartilhamento de recursos de computação entre vários usuários ao mesmo tempo. Nos sistemas de compartilhamento de tempo, vários terminais são conectados a um único servidor dedicado com sua própria CPU. Ações / comandos executados pelo sistema operacional de um sistema de compartilhamento de tempo têm um período de tempo muito curto. Portanto, a CPU é atribuída aos usuários nos terminais por um curto período de tempo; assim, um usuário em um terminal tem a sensação de que ela possui uma CPU dedicada atrás do terminal. O curto período de tempo em que um comando é executado em um sistema de compartilhamento de tempo é chamado de intervalo de tempo ou quantum de tempo. Com o desenvolvimento da Internet, os sistemas de compartilhamento de tempo tornaram-se mais populares, já que os farms de servidores caros podiam hospedar um número muito grande de clientes compartilhando os mesmos recursos. Como os sites operam principalmente em rajadas de atividade seguidas de períodos de inatividade, o tempo de inatividade de um cliente pode ser usado efetivamente pelo outro, sem que nenhum deles perceba o atraso.

Qual é a diferença entre o sistema de multiprogramação e o sistema de compartilhamento de tempo?

A principal diferença entre a multiprogramação e o compartilhamento de tempo é que a multiprogramação é a utilização efetiva do tempo da CPU, permitindo que vários programas usem a CPU ao mesmo tempo, mas o compartilhamento de tempo é o compartilhamento de uma instalação de computação por vários usuários que desejam usar a mesma instalação ao mesmo tempo. Cada usuário em um sistema de compartilhamento de tempo obtém seu próprio terminal e tem a sensação de que está usando a CPU sozinha. Na verdade, os sistemas de compartilhamento de tempo usam o conceito de multiprogramação para compartilhar o tempo da CPU entre vários usuários ao mesmo tempo.