Qual é a diferença entre falsificação e imitação?

Um produto é "falsificado" se violar uma marca comercial protegida por lei e um "imitação" se parecer com outro produto com

ou sem

violando os direitos legais de qualquer pessoa. Digamos que as camisas masculinas feitas de tecidos decorados com vegetais coloridos se tornem um grande sucesso nos EUA. (É fácil encontrar camisas havaianas decoradas com flores e carros; essas seriam camisas no estilo havaiano decoradas com batatas, cenouras e berinjela.) Se eu tiver meu fornecedor no Uruguai ou em Bangladesh, montarei alguns milhares de camisas decoradas com cenouras, berinjelas e couve-flor, são "imitações". Se o meu fornecedor costurar nas etiquetas Tommy Bahama ou Old Navy, elas são "falsificações". Ninguém pode me impedir de vender as imitações, mas os proprietários das marcas registradas podem ter a mercadoria falsificada interceptada quando os contêineres chegam às docas.

Não há diferença, apenas duas palavras que estão tentando encobrir o que elas se referem. Chame de réplica, homenagem, inspiração, falsificação ou imitação. Ainda é uma cópia oca. E não importa quanto batom você coloca no porco, ele ainda é um porco. Uma farsa é uma farsa e sempre será uma farsa.

No sentido geral…

  • As falsificações são um crime. As falsificações são criadas para cometer um crime por engano.
  • Knock-offs são um elogio. Imitações não cometem um crime. Eles são oferecidos como imitações.

Uma cópia pode estar em ambas as categorias. Tudo depende da intenção e uso.

Algumas indústrias podem ter definições muito específicas para os vários tipos de imitações (falsificação, falsificação, cópia, imitação, réplica, etc.).

Realmente não há diferença, ambas são cópias fraudulentas. Duas descrições que significam essencialmente a mesma coisa, apenas uma expressão diferente.

É indicado em um comentário que eles não são os mesmos, pois a falsificação é um crime. Isso não é necessariamente verdade. E os imitações também podem ser considerados ilegais, portanto, ambos podem ser considerados crimes. O significado para ambos é que eles são falsos, com a intenção de enganar e fraudar. No entanto, as imitações podem ser apenas consideradas cópias ruins - semelhantes o suficiente, mas não exatas, e essa seria realmente a única diferença se esse for realmente o caso, mas a pergunta não especificou a qualidade da imitação. E, para esclarecer, a falsificação também não precisa ser de boa qualidade. Você pode perguntar a um caixa do banco, eles dirão que veem falsificações falsas.

A falsificação tem um significado amplo e também é usada como uma definição legal. Parar não tem a definição formal da lei.

Derrubar também significa matar.

Uma imitação é legal. Uma falsificação não é. Uma imitação copia um estilo específico e parece semelhante, mas é de marca diferente e geralmente é vendida em lojas diferentes. O comprador sabe que não é o mesmo e nunca é representado como tal, simplesmente fabricado de tal maneira que uma pessoa que o compra tenha uma aparência semelhante a um preço mais baixo.

As imitações têm sido uma tradição na indústria de vestuário. Uma vez eu conheci uma mulher, convidada para uma entrevista de emprego, ofereceu um tour pelas instalações e, ao retornar, ela pegou pessoas fotografando os desenhos no portfólio que ela deixou para trás enquanto fazia turnê. Um vizinho meu costumava ter um emprego, comprando e devolvendo vestidos de outros fabricantes para que pudessem ser copiados e vendidos mais barato.

Havia também um negócio próspero de perfumes vendidos sem nomes de marca feitos no centro de Nova York naquela época. Então, você poderia ir para um determinado lugar e, em vez de Chanel, não. 5 você tem a fórmula 16 vendida em uma garrafa comum. Cheirava o mesmo, mas pulou o frasco de cristal, a parte mais cara do perfume.

As falsificações imitam as garrafas, o nome e os tipos de letra. Muitas vezes, eles são formulados com aditivos perigosos. Eles são vendidos para o cliente inocente como o Real McCoy. Os knock-offs são uma marca própria. Assim, uma marca de marca própria como Charter Club ou New York & Co. em Macys é derivada de looks de designers do passado. Eles são feitos de materiais menos dispendiosos, mas fazem o trabalho. Eles não são lixo chamativo, projetado para enganar e enganar. Eles alcançaram uma reputação própria para o bem ou para o mal.