Qual é a diferença entre as frases "alguém com" e "alguém que tem"?

Hmm ... diferenças sutis às vezes.

Se você diz: "É alguém com dinheiro", isso implica que ele é rico. E provavelmente fez isso sozinho.

Se você diz: "É alguém que tem dinheiro", isso implica que ele é "dos ricos endinheirados" e sua família também.

Mas “é alguém com talento” ou “é alguém que tem talento”, não ouço nenhuma diferença.

A diferença é que “com” tem múltiplos significados e “quem tem” é um desses significados. Mas "com" também pode significar "usar", "acompanhar" e algumas outras coisas.

Você poderia dizer que "alguém que tem" é uma versão mais específica de "alguém com", embora seja muito improvável que alguém entenda mal "com" na maioria das situações, portanto, eles geralmente são sinônimos. "Quem tem" indica posse de alguma coisa. Também é específico para o tempo presente, enquanto "with" não especifica um tempo. Outros tempos / aspectos de "quem tem" incluem "quem teve", "quem teve" e "quem terá".

Exemplos:

  • Significados equivalentes:
  • Alguém com boas idéias deve liderar. = Alguém que tem boas idéias deve liderar. Alguém com um nariz grande está ligando para você. = Alguém com um nariz grande está ligando para você. Vejo alguém com uma sacola de compras. = Eu vejo alguém que tem uma sacola de compras.
  • Significados diferentes
  • Alguém conosco aqui na sala fez isso. ! = Alguém que nos tem aqui na sala fez isso. Alguém com uma chave inglesa veio e consertou meu carro. ! = Alguém que tenha uma chave inglesa veio e consertou meu carro.Nota: A diferença aqui é sutil, mas importante. O primeiro implica que a pessoa tinha uma chave inglesa enquanto consertava o carro, o segundo que agora ela possui uma chave inglesa, mas que consertou o carro em algum momento no passado. Para ter um significado equivalente, "tem" precisaria ser "tido". Eu vejo alguém com meus olhos. ! = Eu vejo alguém que tem meus olhos. "With" pode ser um marcador instrumental; nesse caso, substituir "quem tem" dá a ele um significado totalmente diferente (e meio assustador)!