Quais são algumas das principais diferenças entre um ukulele e um bandolim? um deles é considerado mais um instrumento sério do que o outro?

Um uke tem quatro cordas de nylon, um bandolim tem quatro "cursos" de cordas de aço. Ou seja, cordas emparelhadas. Eles têm diferentes comprimentos de escala, afinações e métodos de jogo. O bandolim é principalmente um instrumento de chumbo ou melodia, tocado com uma palheta e com muitas linhas rápidas de uma nota e técnica de tremolo.

O uke pode ser usado para acompanhamento, tocando acordes, mas também pode ser tocado com a mesma técnica de um violão clássico.

Eles são bem diferentes, mas existem músicos virtuosos para ambos.

Embora o ukulele e o bandolim tenham aproximadamente o mesmo tamanho, eles diferem bastante.

Fisicamente, o ukulele é amarrado com 4 cordas macias de nylon; você pode dedilhá-lo com o dedo nu e fazer uma boa anotação sem se machucar. O bandolim possui 4 pares de cordas de aço, ou seja, arame, e para tocar um som com ele, você precisa de uma superfície dura, como uma palheta de plástico rígido.

O problema das cordas também é importante com a sua mão inquietante (não dedilhada), já que é mais difícil pressionar as cordas de metal.

Como o bandolim possui 4 pares de cordas, isso significa que existem 8 cordas para afinar e 8 pinos de afinação (caso você esteja se perguntando como diferenciar os instrumentos à distância).

Os instrumentos são afinados de maneira diferente. As cordas do uke padrão são afinadas para o GCEA; um bandolim é afinado GDAE. A afinação do ukulele combina com o som mais alto de quatro cordas de um violão, para que você possa tocar um acorde de violão e ele soará bem (embora em uma tecla diferente). A afinação do bandolim combina com um violino, então alguém que toca violino pode facilmente tocar uma escala no bandolim.

Os trastes também estão mais próximos no bandolim. Isso facilita a passagem de uma nota para outra, mas também exige que você seja preciso ao colocar os dedos no bandolim.

Os instrumentos soam diferentes. Os ukuleles têm um som suave (por causa dessas cordas de nylon), enquanto os bandolins têm um timbre mais cortante que pode cortar o som de uma banda.

Eles são usados ​​de maneira diferente. Ukes são valorizados por serem instrumentos caprichosos e portáteis, bons para acompanhar o canto. Os bandolins tendem a ser o ponto mais agudo de uma banda, trabalhando contra o barulho do violão, banjo e baixo. Embora ambos os instrumentos possam ser conectados para amplificação elétrica, o uke geralmente não é porque não precisa ser tão alto; o bandolim geralmente não é porque já é tão alto quanto necessário.

Existem excelentes jogadores de cada instrumento, e eu pessoalmente gostei de tocar os dois. Honestamente, acho que os bandolins são considerados mais sérios apenas pelo contexto em que foram tocados: existem indivíduos, conjuntos e composições mais famosos e aclamados pela crítica que usam o bandolim, no país, no bluegrass e na música clássica. Dito isto, muitas pessoas adoram o uke porque ele é discreto; fazer música bonita com um instrumento menos "sério" pode ser encantador.

Se você está perguntando porque deseja pegar um instrumento, certifique-se de comprar um instrumento que tenha bons pinos de afinação - mais um problema com ukes baratos, mas importante para qualquer instrumento de cordas.