Por que é difícil para os ateus compreenderem a diferença entre evidência e prova?

você está se equivocando sobre o significado das palavras. você está em posição de oferecer dados lógicos da existência de Deus, mas uma vez que você não tem dados, você não tem dados. Se os dados forem contraditórios e ajudarem o fator diferente, você não poderá orientar sua declaração.

Err ... Eu acredito que haja uma possibilidade, mas é exatamente o mesmo que a possibilidade de que Zeus, Odin e Anubis sejam reais. Quero dizer, a evidência é exatamente a mesma para todos eles.

Realmente, as chances de qualquer coisa que não tenha nenhuma evidência de ser real são muito baixas para levar um tempo para considerar seriamente. E essa é exatamente a situação aqui.

A evidência é a prova. E a maioria das pessoas religiosas também é péssima em usar analogias.

O que você não percebeu é que deus é um mito como Zeus.

E, a propósito, a maioria dos ateus já foi religiosa; portanto, eles têm uma boa idéia sobre deus e religião.

LOLz um argumento do Strawman eh?

Eu suporia então que você é uma pessoa de mente aberta que acredita na possibilidade de Odin? ou qualquer outro Deus pagão?

Como ateu sou, espero pelas evidências. Você sabe o que dizem: "Fools Rush In".

Entendo ... então e quanto a Zeus, Odin e Osíris, hmm? Eles têm a mesma chance de existir do que seu deus.

Descartando que há uma chance quase infinitamente maior de que não haja deus, se um deus existe, então por que você arrogantemente assume que está adorando o deus da maneira que o deus quer ser adorado? Por que você presume arrogantemente que Deus é um homem?

A Bíblia foi escrita pela humanidade, assim como qualquer outro documento.

Seus argumentos de espantalho estão fazendo você parecer um tolo.

Edit: jack ... pessoas como você me dão vontade de estrangulá-los. "Olhe para fora de sua janela" e "Olhe no espelho" NÃO é a prova. E, pela sua definição idiota, também NÃO é uma evidência. Use seu cérebro, não sua Bíblia. Seriamente.

Ter a mente aberta não tem nada a ver com acreditar em divindades invisíveis.

Talvez você deva ter a mente mais aberta e acreditar em outros deuses que não os seus. Ou talvez acredite em unicórnios e fadas.

Agora você vê por que sua pergunta é tão boba?

Além disso, não acredito que sei tudo. A ciência diz muito "não sei". Saber tudo é o reino da religião. Você sabe ... você não consegue descobrir como algo aconteceu, então você diz "Deus fez isso." O que, é claro, não é resposta nenhuma.

Opiniões subjetivas como fatos? Novamente, esse é o domínio da religião. Você sabe, como dizer "há evidências de Deus por toda parte". Você está realmente projetando hoje.

Não há evidência de um deus pessoal. Também não há prova disso, já que você gosta de rachar cabelos.

Bem, então, para que os teístas tenham a mente aberta, eles não teriam que aceitar a possibilidade de que ou deus não existe, ou que existem vários deuses, ou que existe um deus, apenas não aquele que eles adoram? Já que os ateus estão em pé de igualdade com os teístas em relação à aceitação de outras possibilidades, você teria que ver como eles têm a mente aberta para outras coisas. Eu diria que os ateus tendem a ter a mente mais aberta do que os teístas.

E sabemos (ou a maioria de nós sabe) a diferença entre evidência e prova. Também sabemos que não há evidências de que deus existe, o que significa que você não pode provar que deus existe.

"... para que os ateus tenham a mente realmente aberta, eles teriam que -crever- na -possibilidade- de Deus."

Este é um argumento espantalho. Os ateus não precisam excluir a possibilidade de Deus. Eles apenas olham para as evidências e, não encontrando nenhuma, não acreditam em uma entidade desnecessária. Você os acusa de usar falsas analogias, sem evidências. Por que todos os ataques ao ateísmo são repletos de hipocrisia e engano?

Mas os ateus têm a mente aberta. Geralmente aceitam que não sabem com certeza que Deus não existe. Não é acreditar ativamente que existe um Deus que os torna ateus. E não vejo qual é a diferença entre evidência e prova.

Resposta curta: o problema com seu argumento é que você está errado em todos os sentidos em que poderia estar errado.

Resposta mais longa:

Er, é difícil para qualquer um compreender essa diferença, mas os ateus obviamente a entendem MUITO melhor do que os crentes. O resto de suas afirmações também eram obviamente falsas. Os ateus aqui - e no mundo em geral - são melhores do que os crentes no uso de analogias e na compreensão de analogias. Eles são muito mais propensos do que os crentes a saber e respeitar a diferença entre opinião subjetiva e fato e, em geral, simplesmente raciocinar melhor do que os crentes e com base em melhores suposições do que as dos crentes. Obviamente, também temos a mente mais aberta.

Você também parecia supor que os ateus não acreditam que haja uma possibilidade de que haja um deus. Alguns não, é claro, mas muitos - inclusive eu - sim. Não conheço NENHUM ateísta que acredite saber tudo e, claro, nesse sentido, os ateus também são muito mais realistas e humildes do que os crentes.

O que no mundo faria você pensar que postar uma coleção de tolices absolutas lhe faria algum bem? Você está brincando, está seriamente iludido ou simplesmente está mentindo.

================

"Algo me diz que Paul enrolou seu sanduíche de mortadela para o almoço e fumou."

Entendo.

Você é um adolescente gordo e impopular que acha que insultar seus superiores na internet o torna importante.

Eles também têm dificuldade em saber a diferença entre afirmar uma opinião subjetiva como um fato e o que declarar uma opinião subjetiva como uma opinião subjetiva. TAMBÉM, eles são horríveis em usar analogias. Será que todas essas razões ou incapacidades podem dar razão ao fato de que eles ainda não descobriram?

Respondi a uma pergunta anterior que dizia: "Os ateus geralmente têm a mente mais aberta?" A maioria das respostas à pergunta foi "sim".

Mas, para que os ateus tenham a mente verdadeiramente aberta, eles teriam que -crever- na -possibilidade- de Deus. Eles tem que

-acredite- eles não sabem -tudo-. É aqui que a cosmovisão ateísta falha.