Pergunte cultura vs acho cultura

Eu sou um "solicitante" e, às vezes, atrapalha as pessoas. Eu nem sempre entendo dicas e sugestões sutis de outras pessoas, mas tenho tentado refiná-lo ao longo dos anos e me mover na escala de perguntar -> adivinhar mais para a direita.

Quando criança, sempre testava os limites de meus pais perguntando, perguntando e perguntando. "Posso ir à casa de John?" "Por que não?" "Que tal mais tarde?" "Quando posso perguntar novamente?"


Meu primeiro trabalho "real" foi em uma grande empresa hoteleira multinacional. Como você pode imaginar, é importante jogar o jogo e ser mais um adivinhador do que um solicitante. Na minha opinião, para sobreviver e prosperar, você precisa ser muito bom em ler pessoas; e, você precisa ser inteligente, com fome e ir atrás do que deseja.

Como solicitante, forcei os limites com meus supervisores e até com seus chefes. Pedi mais trabalho, mais responsabilidade e mais remuneração para combinar. A maioria dos meus chefes era tolerante, mas um não.

Depois de três anos na empresa, fui escalado para cima, mas meu salário era pelo menos 30% menor do que os outros com os quais trabalhei. Pedi ao meu chefe que me desse um aumento, o que exigia papelada e lobby da parte dele.

Mês após mês, esperei o aumento que me foi prometido. Continuei a perguntar quando isso iria acontecer. Depois de alguns meses, meu chefe rachou e conversou comigo um pouco. Meu chefe era um adivinho. Ele não gostou de ser perguntado e achou melhor eu ser mais sábio e parar de perguntar. Para piorar as coisas, para mim, ele me ameaçou que eu parasse de perguntar ou arriscar meu emprego.


Os Estados Unidos são uma cultura mista de solicitantes e adivinhadores. Convivemos, mais ou menos, com o entendimento de que "quem detém o poder decide". Isso é muito verdadeiro no meu caso e descobrimos que nem sempre posso ser um candidato ou um adivinho.

É importante adivinhar o que a outra pessoa, que detém o poder, é: um solicitante ou um adivinhador e, em seguida, trabalhe nessa restrição com adaptabilidade.

Obrigado pela A2A! Tópico interessante.