Mussolini vs hitler

Hitler foi responsável por isso:

Nem Stalin, nem Mussolini, nem Mao Tse'tung, nem Pot Pol. Não na véspera Kim Jung-un. Apenas Hitler.

E não porque eles eram uma ameaça para ele ou para seu país, mas por causa de seu próprio ódio pessoal.

Stalin sai como vencedor. Verdadeiramente uma luta difícil com Adolf. Para determinar um vencedor, precisamos considerar os tratamentos dos amigos.

Stalin matou comunistas em larga escala. Hitler não matou nazistas. Se Hitler tivesse um sucessor, o homem teria matado nazistas adequadamente em larga escala, por isso, se comparássemos as ideologias, haveria um rascunho.

Stalin matou milhões de pessoas. Do que quando ele organizou um censo e revelou que muitas pessoas estavam desaparecidas, porque haviam sido mortas. Reação de Stalins: Matar as pessoas que haviam feito o censo. Mais sobre isso aqui:

A resposta de Vladimir Abashkin a Até que ponto Stalin mudou a sociedade soviética até 1938?

Bem, Stalin, que acreditava ter transcendido as limitações morais humanas normais, teve um colapso nervoso de seis semanas depois que Hitler invadiu a União Soviética e ele, Stalin, percebeu que Hitler era realmente mau. Mussolini era apenas um bandido de variedades de jardins, então meu voto foi para Hitler como o pior dos piores no endosso de Stalin.

As respostas são muito precisas, mas sinto falta da pergunta quem mais durou, Franco. Ele governou a Espanha por 40 anos. Não é casualidade, um dos primeiros objetivos de Franco não foi incluído nessas listas, apesar de ele usar Hitler e Mussolini para alcançar o poder, e, novamente, estar lá por 40 anos ... Ele teve tempo de matar muitos pessoas, roubar bebês, fazer uma espécie de "genocídio da ideologia", mas como esse "genocídio da ideologia" era bem visto pelas potências ocidentais, ninguém queria vê-lo como o criminoso que ele era.

Hitler foi o pior

Hitler e Stalin eram criminosos horríveis, mas Hitler era um monstro real e os não-alemães eram vistos apenas como uma escória que vale a pena matar, o que significa que ele acreditava no extermínio de milhões e milhões de pessoas

Mussolini, por outro lado, era apenas um bandido malandro comparado a esses dois e ele nunca governou um país poderoso, a Itália foi derrotada e ficou atolada em todos os lugares da guerra.

Stalin. Mãos para baixo. Hitler era um sociopata, mas Stalin era um psicopata. Um esquizofrênico narcisista e paranóico, com ilusões de grandeza. Mussolini era principalmente engraçado, de uma maneira tragicômica. Vale lembrar que na Itália de Mussolinis não havia anti-semitismo. A única razão pela qual não estamos falando da insanidade de Stalin como nós somos de Hitler é que os vencedores da guerra, EUA e Reino Unido eram aliados de Stalin. Não pode admitir que está errado?

Como essa pergunta pode vir à mente de alguém ?! Mussolini era um palhaço. Hitler era um ex-artista, um herói de guerra decorado, palestrante motivacional, político idealista e visionário. Iludido sim, mas não pessoalmente mal. Ele obviamente não era anjo, mas pelo menos era um ser humano decente. Ninguém foi capaz de mostrar um documento com sua ordem de matar alguém. Todo mundo que o conheceu diz que ele era um cara decente.

Stalin, por outro lado, era um ex-assassino criminoso, covarde e sádico, que pessoalmente enviou pessoas para a morte, incluindo seus associados próximos ou apenas suas famílias para desfrutar de seu medo e submissão de cães.

Retire Mussolini da lista. Mussolini foi o melhor show de todos (italiano como esse tipo de pessoa), mas não realmente um cara mau. Ele não tinha tempo para assassinatos em massa porque era um mulherengo notório.

Stalin foi o pior de todos. Ele matou 22 milhões. pessoas. Hitler matou 6 milhões. Somente Mao era mais malvado.

Algumas pessoas argumentam que Hitler era mais maligno porque ele matou mais pessoas em um curto espaço de tempo. Este quociente não é realmente um argumento. Dessa perspectiva, Truman é o homem mais malvado da história porque usou a bomba atômica. Essa argumentação é ilusória.

É como perguntar “o que é pior? quebrar um dedo, ou ser publicamente linchado e depois queimado vivo?

Mussolini não era santo de forma alguma, ele era um ditador cruel, um homem cruel e cruel, um espancador de mulheres, e cometeu sua parte nos crimes de guerra. Mas Hitler? Hitler era um sociopata e um narcisista. Ele também era um egomaníaco ilusório, um tomador de decisões precipitado, e era insensível e cruel com as pessoas. Ele também causou diretamente a morte de 10 milhões de pessoas em campos de extermínio e indiretamente causou a morte de mais 100 milhões em guerra. ele se referia apenas aos judeus como "dein judensvine" ou "porcos judeus", em vez de bombardear os aeroportos de Londres, ele escolheu bombardear a cidade propriamente dita, matando centenas de milhares de pessoas. Ele ordenou que bebês recém-nascidos com deformidades físicas fossem abatidos, entre outras coisas.

Por outro lado, Hitler adorava cachorros e chocolate, ele gostava de dançar e ir a jantares, cantar e pintar. Mostra que as coisas nem sempre são em preto e branco. Mas ainda assim, Hitler é pelo menos 10 Mussolini na escala do mal

Stalin é o pior. Desde que o Exército Vermelho venceu, ninguém fala sobre seus crimes. Na União Soviética, Stalin era um ditador implacável e assassino em massa. Quando Stalin decidiu que ninguém podia se opor a ele, se alguém ousasse fazê-lo, seria punido com a morte. Ele não se importava com seus cidadãos morrendo na pobreza ou na fome. pouco ou nada para desenvolver infraestrutura e economia para erradicar a pobreza. Na Segunda Guerra Mundial, ele não olhou para as perdas e continuou enviando pessoas para combater os alemães. Ele matou à força mais de 25 milhões de pessoas na guerra. Os campos de trabalho também existiam na URSS, que mataram pessoas.

Hitler também era um ditador. Ele gastou bilhões em obras públicas para fortalecer a economia alemã, desenvolver infraestrutura, indústria que proporcionava empregos, renda e uma vida melhor aos alemães. Todo governante faz coisas boas e ruins, pois cada moeda tem duas faces.

Mussolini era um covarde e oportunista. Não deve ser comparado com Hitler e Stalin.

Por um longo caminho, Stalin. Com Hitler um segundo razoável e Mussolini um terceiro distante.

Mussolini era um mau líder. Ele tomou más decisões; ele lançou campanhas sem planejamento suficiente, desperdiçou bens, geralmente não era muito ditador. Ele perseguiu seu povo, principalmente os comunistas, mas nem um pouco vagamente na extensão dos outros dois. Ele arrastou sua nação para a Segunda Guerra Mundial, e eles sofreram por isso, mas, novamente, não quase na extensão do povo da Rússia ou da Alemanha.

Hitler era quase certamente psicótico de uma maneira ou de outra. Ele também tomou algumas decisões militares muito ruins; ele lançou o ataque a Stalingrado, recusou-se a reposicionar as defesas após o Dia D, planejou a invasão da Rússia. Ele perseguiu muito o seu povo e os que o cercavam, e ele era o principal arquiteto do holocausto - embora deva-se dizer que ele teve ajuda de muitos setores nesse empreendimento, a ponto de me perguntar se isso poderia ter acontecido sem eles. . Ele certamente iniciou a Segunda Guerra Mundial e tomou algumas das decisões que a tornaram muito mais sangrenta do que talvez precisasse; sem retiros, terra arrasada, campanhas de bombardeios civis e assim por diante.

Mas mesmo a carnificina feita por ele empalidece em comparação com a provocada por Stalin. Quando comecei a aprender sobre esses dois, lembro-me de pensar 'pelo menos com Hitler, se você fosse amigo, você estava bem seguro. "Stalin o mataria mesmo que você estivesse mais confiante. Hitler não se levantou sem derramamento de sangue, mas Stalin não apenas matou seu caminho até o topo, mas também essencialmente matou o povo da Ucrânia para se manter no poder, e o fez brutalmente, às vezes pessoalmente, e garantiu que milhões de pessoas passassem fome.

Ele também garantiu que a Rússia perderia muitas vezes mais homens do que qualquer outro participante da Segunda Guerra Mundial. Prisioneiros, prisioneiros soviéticos, foram levados a marchar através dos campos minados, homens que se recusaram a fazer acusações suicidas foram baleados por covardia, e essas acusações eram uma parte constante das táticas soviéticas.

Mesmo com outras nacionalidades durante a guerra, ele foi brutal; ele mirou e eliminou ameaças potenciais entre as potências da Europa Oriental - a execução em massa de oficiais poloneses em 1939; ele ordena que o Exército Vermelho fique de pé e assista os alemães aniquilarem a Revolta de Varsóvia em 1945, recusando-se mesmo a permitir que aviões aliados aterrissem nos aeroportos soviéticos na Polônia.

Ele foi o principal criador da guerra fria. Ele ordenou o fechamento da fronteira alemã e o bloqueio de Berlim. Ele basicamente aterrorizou a maior parte do planeta nos últimos cinco anos da sua vida.

Ele foi inequivocamente a pessoa mais destrutiva que já viveu.

Seu fim é de alguma forma apropriado. Quando em 1953 ele sofreu um derrame, foram quase dez horas antes que alguém tivesse a coragem de arriscar incomodá-lo para ver se havia algo errado. E outras três horas antes que um médico que não estivesse preso ou morto pudesse ser encontrado para atendê-lo. Por todo esse poder, toda essa megalomania, ele passou o último dia deitado de costas, incapaz de falar, encharcando sua própria urina.

Na minha opinião, dos três, Stalin era o criminoso mais mau e pior. Ele é responsável pela morte de milhões e milhões de seus próprios cidadãos soviéticos, direta e indiretamente. Ele matou pessoas simplesmente porque "pensava" que essa pessoa poderia ser uma ameaça ... talvez porque não gostasse da maneira como olhava para ele (é difícil não pensar nisso quando você lê sobre muitos casos); até amigos.

Stalin destruiu milhões de famílias confiscando os grãos colhidos e .... exportou tudo para a europa. De fato, muitos ocidentais começaram a pensar que o comunismo era um sistema político de grande sucesso, que criava tanto excedente de alimentos que até aumentava substancialmente suas exportações! Isso é conhecido como fome Holodomor.

Eu li algumas das crônicas (com nomes) de famílias que não tinham comida devido aos confiscos de Stalin. Mães forçadas a decidir qual filho viverá e quem morrerá de fome porque não havia comida para todos. Em um caso, um menino doente na cama pediu à mãe que lhe desse um pouco de pão para comer porque ele estava desesperadamente faminto (como também seus irmãos). A mãe disse a ele que não podia lhe dar nada (porque ele estava doente, e ela achava que a comida podia ser desperdiçada ...), então ele apenas se virou na cama e esperou morrer de fome ... Ler esses relatórios realmente traz lágrimas aos seus olhos

Nenhum comentário necessário

Nenhum comentário necessário

Nenhum comentário necessário

Stalin teve mais de 20.000 oficiais poloneses presos e inteligensia assassinados no que é conhecido como o massacre de Katyn. Stalin disse ao Ocidente que esses prisioneiros foram libertados e emigraram para a Manchúria.

Estes são apenas dois eventos ... Stalin também é responsável por outros.

Sim, também existem histórias tristes sobre os feitos de Hitler, mas pelo menos ele não intencionalmente passou fome na população da Alemanha como arma.

Também posso mencionar que Hitler admirava a crueldade de Stalin.

De qualquer forma, alguns podem discordar e, na verdade, enquanto ambos eram indivíduos tirânicos maus, a questão é: o que foi pior e acredito que a “honra” pertence a Stalin.

Hitler, seguido por Stalin. Mussolini nem sequer pertence à sua liga - ele era assassino, mas no nível ditador "normal" de assassino, nem perto da psicopatia de Hitler ou Stalin e da escala industrial de horrores. Até Franco na Espanha acumulou mais mortos que il Duce.

Quanto à comparação de Hitler e Stalin, enquanto ambos os regimes cometeram grandes males, os males cometidos pelo regime de Stalin foram um meio para atingir um fim, enquanto os males cometidos por Hitler foram um fim em si mesmos. A violência de Stalin foi encarada como uma ferramenta ou um corretivo - tanto para a sociedade em geral quanto para os indivíduos que atacaram o NKVD, mas foram presos em vez de condenados à morte - a maioria. A violência nazista era um fim em si mesma, pois o regime de Hitler adorava a violência como se fosse um poder místico de limpeza da alma.

Os assassinatos na escala industrial nazista, como o Holocausto, foram exercícios de extermínio em que o próprio extermínio era o objetivo. Uma parcela significativa das vítimas atribuídas a Stalin, a maioria delas pereceu durante o

Holodomor

(Fome ucraniana), não foram deliberadamente mortos. Stalin foi bastante insensível quanto ao destino deles e pouco fez para evitar a fome, apesar dos sinais iminentes de que ela estava por vir, ou aliviar suas conseqüências após a chegada. Mas ele não se propôs a matar mais as vítimas da fome do que os britânicos se propuseram a matar os irlandeses durante a fome de batata.

O mesmo não se pode dizer de Hitler: as vítimas de seus campos de einsatzgruppen e extermínio não morreram como resultado de negligência, incompetência ou indiferença insensível. Eles foram deliberadamente assassinados porque Hitler os queria especificamente mortos.

Quando a década de 1930 chegou ao fim, a brutalidade do regime de Stalin já havia atingido o pico durante o

Great Purge

, e ele foi praticamente aproveitado. Houve pequenas ondas de perseguição após a Segunda Guerra Mundial, mas naquelas as vítimas eram numeradas às centenas, não às centenas de milhares. Deve-se notar também que a média de estimativas para as executadas durante a Grande Expurgo foi de aproximadamente 900.000. Mesmo no pior dos casos, Stalin teve problemas para atingir um milhão de vítimas deliberadamente mortas. Hitler atingiu um milhão de vítimas mortas deliberadamente somente em Auschwitz.

Hitler estava apenas se aquecendo e se tornando cada vez mais assassino com o passar do tempo. Se ele tivesse vencido e começado sua planejada redução populacional dos eslavos no recém-conquistado

Lebensraum

, o Holocausto seria visto hoje apenas como um ato de aquecimento. Vejo,

Generalplan Ost

, que previa esclarecer

Lebensraum

espaço para alemães no leste através do extermínio de 50% dos letões, 50% dos estonianos, 50% dos tchecos, 60% dos russos, 65% dos ucranianos, 75% dos bielorrussos, 85% dos poloneses e 85% dos lituanos e 100% dos latino-americanos. O restante deveria ser germanizado se suficientemente ariano, escravizado ou expulso além dos Urais.