Lucro versus brechó sem fins lucrativos

Essa é a ideia toda! O lucro é o que eles ganham, acima do custo operacional. Esse lucro é então usado para apoiar a instituição de caridade / sem fins lucrativos no cumprimento do objetivo pretendido.

Nos EUA, uma organização sem fins lucrativos pode operar um brechó e ter lucros com a venda de mercadorias no brechó.

Sem fins lucrativos significa que as pessoas não podem lucrar com a organização. A própria organização pode obter lucros.

Não. Não há nada errado com o lucro em si. Pode ser usado para fins ilegais se for distribuído a particulares para seu lucro privado; mas, desde que esses lucros sejam investidos em programas de caridade, eles se qualificam como "receita auferida" legítima para fins filantrópicos.

Conheço muitas organizações sem fins lucrativos que administram empresas que estão dentro de suas organizações e configuradas para fornecer serviços ou empregos a adultos deficientes e menos afortunados. Essas organizações têm empresas que são operadas como uma empresa, mas sob o seu guarda-chuva sem fins lucrativos. Na maioria dos casos, os “lucros” no final do ano são distribuídos para alguma melhoria ou comodidade que melhora a operação, para que não haja realmente “lucro” envolvido. É perfeitamente legal.

É possível e legal estabelecer entidades controladoras e subsidiárias onde uma organização com fins lucrativos possa formar uma organização sem fins lucrativos para realizar missão de caridade ou uma organização de caridade possa formar uma organização com fins lucrativos. É como um grupo de irmãos. Esse é principalmente o caso quando os líderes da organização com fins lucrativos gostariam de realizar atividades comerciais não relacionadas que não foram declaradas na missão da organização sem fins lucrativos.

Para uma organização sem fins lucrativos matriz com subsidiária com fins lucrativos, a isenção de imposto 501c3 pode ser comprometida se as atividades comerciais da subsidiária com fins lucrativos forem as da organização 501c3 matriz.

Embora ambas as entidades ou organizações possam ter sobreposição de gerência e diretores, licenças, acordos, etc., é melhor ter entidades separadas para evitar complicações adicionais.

Mais informações podem ser encontradas

aqui

:

IRS CPE

.

Depende do que você quer dizer com lucro. É o NPO lucrando ou indivíduos. Uma organização sem fins lucrativos é uma organização que não existe para fins lucrativos. Pode obter lucro e esse lucro precisa ir para a causa. Os indivíduos não podem administrar o brechó em proveito próprio.

Você pode ver o Exército da Salvação, a Boa Vontade ou outros brechós de caridade. A loja de segunda mão / brechó ganha mais dinheiro do que gasta como organização, seja para fins lucrativos ou não para sobreviver, mas o uso dos fundos é o ponto.

Se você reunir um monte de amigos para doar roupas e vendê-las, e o dinheiro estiver beneficiando uma cozinha de sopa, esse dinheiro precisará ir para a cozinha de sopa. Mesmo com qualquer organização de caridade. Foi formado para ajudar uma causa. Os fundos produzidos são para essa causa ou violam a definição de sem fins lucrativos.