Diferença entre transudato e exsudato

Eu responderei o meu melhor.

1. Em nosso corpo, o fluido é distribuído na célula (líquido intracelular ICF) e fora da célula (líquido extracelular LEC). O LEC pode ser dividido em fertilização in vitro do líquido intravascular (que fica dentro dos vasos sanguíneos) e no líquido intersticial ISF (que fica fora do vaso sanguíneo e também fora da célula). Edema é a acumulação excessiva de líquido mais do que o normal no espaço intersticial (excesso de líquido intersticial).

2. O fluido se move de um compartimento para outro de tempos em tempos. É governado por forças que geralmente empurram a força do vaso (pressão hidrostática) e puxam força para dentro do vaso (pressão oncótica). Essas forças são chamadas forças de Starling. Se a força de empurrão do vaso for maior, o fluido vazará do vaso para o espaço entre as células (espaço intersticial). Se puxar froce para dentro do vaso for mais baixo, o fluido vazado não será puxado para dentro do vaso, de modo que o ISF aumentará (portanto, essa é a formação de OEDMA) com a causa subjacente, devido a alterações na força de Starling. O edema formado por esse mecanismo é chamado TRANSUDATE.

3. O fluido também pode deixar o vaso sanguíneo porque o vaso sanguíneo está com vazamento (devido à dilatação do vaso). Este fluido é chamado EXUDATE.

Em geral, o líquido exsudado tem mais conteúdo protéico do que o líquido transudado, pois o líquido exsudado é causado por vasos com vazamento; portanto, não apenas o fluido, mas também a proteína, deixa o vaso facilmente.