Diferença entre músculos voluntários e involuntários

Os músculos do nosso corpo podem ser classificados de várias maneiras. Uma das maneiras é por tipo de músculo. Os músculos são divididos em estriados, lisos e cardíacos. Músculo estriado é o que pensamos quando vemos um fisiculturista. O cara tem músculos.

Esse músculo puxa e empurra para movimentar o peso, contraindo e relaxando para nos dar movimento, levantar objetos e aplicar força a isso. Esse músculo geralmente é voluntário. Não se move por si só para levantar, puxar, empurrar, etc. Temos que agir pela força da vontade.

O músculo liso é o músculo localizado dentro do nosso vaso sanguíneo para contrair e diminuir no tamanho do lúmen, resultando em aumento da pressão nos locais apropriados. Mais ou menos como apertar uma mangueira para jorrar água com força. O lúmen menor (a abertura do furo, o diâmetro da mangueira, em nosso exemplo, forçará o fluido a empurrar com mais força. Vemos isso de uma maneira prática quando mantemos o polegar sobre a extremidade da mangueira para faça um jato de água mais longe, mais rápido ou com mais força. É o que o músculo liso faz em nossos vasos sanguíneos. Músculos semelhantes funcionam dessa maneira em nosso intestino e na pupila, entre outros lugares. Esses músculos são involuntários porque agem sem nós temos que pensar em manter nossa pressão arterial adequadamente alta ou em contratar nossas pupilas para que possamos focar em um objeto distante. Esses músculos são involuntários. O pulmão é outro lugar que possui músculos macios para relaxar ou contrair as vias aéreas.

O músculo cardíaco é separado porque, embora tenha alguma estriação e tenha massa como um músculo estriado, transporta condução elétrica, de modo que se contrai sem que tenhamos que pensar sobre isso. Então, o músculo cardíaco tem algumas características de ambos.