Diferença entre melhoria de jogo e ferros de melhoria de super jogo

Muitas ótimas respostas, mas eu vou pular de qualquer maneira…;)

"Ambos".

Ferros de melhoria de jogo 1.) melhore seu jogo / pontuação em 2.) ocultando seus problemas.

O que eles NÃO fazem é melhorar o seu swing.

Então, qual é o seu objetivo? Você deseja publicar pontuações mais baixas melhorando ou postar pontuações mais baixas usando equipamentos que solucionem suas falhas de giro. Você decide.

Os ferros de melhoria de jogo (IG) simplesmente escondem problemas, eles não melhoram realmente o seu jogo. No entanto, ao ocultar problemas, os ferros GI podem definitivamente melhorar sua pontuação. Se você é o tipo de jogador que raramente pratica e toca duas ou três vezes por mês, provavelmente apreciará as vantagens que os ferros GI oferecem (melhor distância em acertos fora do centro, melhor distância em geral devido a rostos mais finos e madeira clara) construção, vibração reduzida em batidas fora do centro).

Lâminas e quase-lâminas, como você aprendeu, podem ter uma ótima sensação quando atingidas adequadamente. Também são notoriamente implacáveis ​​ou, pelo menos, muito menos perdoadores do que ferros GI quando atingidos indevidamente. Bata num ferro do tipo lâmina fora do centro e você não apenas o verá, como também o sentirá e definitivamente não gostará. Com a prática adequada, você pode melhorar seu golpe de bola e acertar o “pote de doces” do ferro com mais frequência. Você também será capaz de aprender a modelagem de tomadas, algo difícil de fazer com ferros GI.

Como você gosta de jogar os ferros da S55s, eu recomendo que você compre um set (supondo que você possa pagar por eles). Não se preocupe com eles serem ferros de “dígito único”. Eu sempre joguei ferros melhor do que o meu índice de handicap. É preciso muito mais do que golpear a bola para diminuir o índice de handicap para um dígito (como put e wedge-play). Se você é capaz de investir algum tempo praticando, vai se transformar em ferros do tipo lâmina. Como você disse, não haverá dúvida quando você errar um tiro! E, quando você bate um flush, no ponto morto do pote de doces, há poucos sentimentos melhores conhecidos pelo homem!

O golfe é muito parecido com o automobilismo em câmera lenta no Grand Prix. Fique na pista, obviamente. Os carros modernos de GP e F1 usam muito controle de tração e outras assistências de alta tecnologia. Os carros de corrida costumavam ser selvagens e perigosos, mas super divertidos de dirigir, se você não vai morrer, é claro. Jogar lâminas antigas com bolas de balata era como correr em Le Mans no final dos anos 60. Aterrorizante e incrível. Clubes e bolas modernos não são tão perigosos.

Os ferros de aprimoramento de jogos de hoje são "recreativos". . . o que significa que você pode jogar golfe por diversão, tomar algumas cervejas e manter a bola na sua frente. Vamos enfrentá-lo - a menos que você realmente goste de gastar tempo e praticar para se qualificar no golfe, todo mundo é um jogador recreativo. A medida de como somos bons é como nos divertimos.

Os ferros GI não ajudam a melhorar o seu swing, porque permitem que você se afaste de todo tipo de coisas desleixadas. . . e então o material desleixado se torna hábito, e. . . você vê para onde estou indo aqui. Mas eles são ótimos para iniciantes, porque muitas pessoas desistem do golfe no início porque é difícil. Torne mais fácil para eles! Pessoas mais velhas também. Eles não deveriam poder jogar golfe e não torná-lo impossível por causa de problemas físicos?

Isso é maravilhoso. . . como boliche com pára-choques nas laterais das pistas. Ou sexo com camisinha. Para alguns golfistas, o elemento do acaso, do risco e da alegria em uma boa tacada é onde está a diversão. Ou, para mim, que aprendi a tocar com lâminas, sentir o barulho ou a picada de uma falta é uma punição que eu esperava. Se eu me safar com um tiro de baixa qualidade usando ferros GI, me sinto um trapaceiro.

Portanto, existem várias maneiras pelas quais diferentes jogadores percebem o jogo e como definem o que é divertido nele. A prática de moagem é realmente divertida para algumas pessoas.

Eu tenho mais de 25 conjuntos de clubes no meu porão em todos os tipos de estilos e épocas. Eu os trato como guitarras. Os sets são mais difíceis ou fáceis de jogar, eles têm diferentes características de dispersão de tiros. . . eles fazem coisas diferentes, assim como diferentes guitarras tocam e soam de maneira diferente. Eu gosto de tocar guitarras diferentes? Certo. O mesmo vale para os meus tacos de golfe. Eles são como uma garagem cheia de carros de corrida brilhantes. Essa é a minha coisa. Alguns deles são muito difíceis de 'correr'. Mas eles parecem incríveis!

Ben Hogan Precisões dos anos 50 - como competir com um Jaguar D-type da mesma época.

Com as bolas de baixa compressão de hoje que não voam muito off-line, você pode pular totalmente de GI para ferros modernos com lâmina e ainda se divertir. Bolas como a série Chrome da Callaway e a Duos de Wilson são totalmente compactadas, mesmo quando você não atinge o ponto ideal - o que torna os ferros "assustadores" de baixa desvantagem não tão assustadores. Sim, você obterá mais feedback e as boas fotos parecerão mais gratificantes e você poderá moldar as fotos, o que realmente ajuda quando você está com problemas. Mas há controle de tração disponível. Você pode desligá-lo jogando bolas com giros mais altos. Você tem opções, como pneus no seu carro.

Em outras palavras, vá em frente. Jogue no tipo de tacos que tornam o golfe o mais divertido para você. Se isso significa girar fora da pista ou aprender a dirigir melhor para você, isso pode ser o que torna o golfe emocionante, depois de ter uma idéia de como o volante, o acelerador e a mudança de marchas funcionam.

Eu vou ser brutalmente honesto aqui. Se você estiver jogando 2 a 3 vezes por mês (no máximo 30 rodadas por ano), seu jogo nunca melhorará significativamente. Você não indicou quanto pratica, mas se você é como a maioria dos golfistas recreativos (inclusive eu hoje em dia), jogar é a única quantidade significativa de tempo que você gasta no campo de golfe.

Os clubes que perdoam um pouco menos fornecem mais feedback e ajudam a melhorar sua tacada? Claro - mas apenas se você estiver gastando muito tempo focado regularmente para realmente fazer alterações medidas.

É por isso que existem ferros de “aperfeiçoamento do jogo”: permitir que as pessoas que nunca melhorem mais espaço para erros e desfrutem do tempo mínimo que gastam no curso um pouco mais.