Diferença entre habituação e adaptação sensorial

Adaptação sensorial refere-se à capacidade do nosso sistema de processamento sensorial de recalibrar e se adaptar a estímulos constantes.

Nossos sistemas sensoriais percebem mudanças na entrada sensorial e se adaptam à estimulação constante da mesma entrada.

Como um exemplo:

Se você entrar em uma sala e sentir o cheiro, depois de algum tempo parte do cérebro responsável pela detecção do cheiro se adaptará ao cheiro constante e você não perceberá mais o cheiro.

Se você tocar em uma mesa, inicialmente, sentirá que suas mãos estão tocando na mesa, mas depois de um tempo, parte do cérebro responsável pelo processamento do toque se adaptará a ela e você não sentirá mais a sensação do toque.

O mesmo ocorre com o córtex auditivo, mas varia de acordo com as informações sensoriais importantes para prestarmos atenção.

Qual é o objetivo disso: é evolutivo e nosso cérebro tenta se concentrar nas mudanças no estímulo, pois não há novas informações no constante estímulo sensorial. Nós evoluímos para conservar energia preciosa usada pelo cérebro para processar apenas alterações nas entradas sensoriais.

As curvas para diferentes sentidos variam.


Espero que ajude!