Diferença entre diretores estrangeiros e alienígenas

Eu acho que as duas versões são excelentes, e é uma decisão difícil porque o "Director's Cut" remove na verdade um total de talvez 6 minutos da versão teatral, a fim de adicionar cerca de 5 minutos das cenas excluídas anteriormente. As cenas adicionadas valem muito a pena assistir, mas os cortes feitos no restante do filme às vezes perdem o ritmo lento e persistente que funciona tão bem no filme. É perceptível apenas em alguns lugares, na minha opinião, mas onde é perceptível muda muito o ritmo. Eu gostaria que Scott tivesse feito menos cortes e apenas adicionado nas novas cenas.

Agora, uma coisa a considerar é que, se você planeja assistir a sequência Aliens (que você definitivamente também deveria assistir se ainda não a viu), e assiste a versão completa dessa com todas as cenas excluídas, elas melhoram um filme já ótimo em grande parte), há uma cena na sequela que é basicamente um remake de uma cena do primeiro filme que foi excluído. É uma espécie de "revelação" na sequência que leva a entender o verdadeiro destino dos colonos e a escala da ameaça que os personagens enfrentarão mais tarde, e Ripley reage de maneira diferente do que você esperaria se ela tivesse visto exatamente essa mesma situação. no primeiro filme.

Então, se você assistir o corte do diretor do primeiro filme Alien, verá a cena e depois novamente na sequência Aliens, onde a reação de Ripley é inconsistente. Dessa forma, então, a cena do primeiro filme é problemática. Além disso, é a cena excluída do primeiro filme que eu acho que não funciona tão bem, então eu não a teria adicionado de volta ao filme de Director's Cut, pessoalmente. Ele muda a natureza do que exatamente o alienígena está tramando, e não há complexidade adicional suficiente derivada dele para compensar a perda da horrível simplicidade da ideia de que o alienígena está apenas comendo todo mundo.

Em suma, o Director's Cut tem várias ótimas cenas que você não encontrará na versão teatral, por isso recomendo vê-lo com certeza. Mas se você acabar assistindo as duas versões de qualquer maneira, eu diria que assista ao primeiro, depois assista ao Director's Cut, de modo que a segunda exibição seja ADICIONAR conteúdo ao invés de REMOVER, por assim dizer. Então assista a sequência, a sério. E assista a versão completa da sequela com todas as cenas excluídas.