Como a ação química dentro de uma célula elétrica gera diferença de potencial?

Quando um elétron enfrenta duas opções possíveis e uma é menor em energia total que a outra, podemos antropomorfizar o resultado imaginando que o elétron “quer” estar no estado de menor energia e “tentará” ir lá se houver do jeito que pode. Da mesma forma com íons e outras entidades.

Um átomo de metal em um eletrodo geralmente “gosta” de deixar o eletrodo metálico como um íon positivo (deixando para trás uma carga negativa) e combinando com íons negativos na solução (porque esse é um estado de energia mais baixo).

Quando você fica

dois

eletrodos de

diferente

metais em alguma solução com íons móveis, um tipo de íons metálicos “gosta” de se unir aos íons solutos

Mais

do que o outro tipo. Isso faz com que um dos eletrodos

Mais

carregado negativamente do que o outro.

Voila

! Uma diferença de potencial entre os eletrodos!