Cientista vs médico

É uma pergunta mais difícil do que parece, e já parece difícil. Mesmo para um homem de meia idade, é difícil entender completamente a resposta. Para responder, você precisa definir verdadeiramente o que deseja na vida, e isso é impossível para a maioria das pessoas de 15 anos. Segurança sem liberdade ou liberdade sem segurança? Se isso soa como um oxímoro, é porque quase é. Mas as pessoas na Rússia soviética tinham segurança sem liberdade, e as pessoas, digamos, no Iraque hoje têm liberdade sem segurança. Portanto, essas condições podem existir literal e metaforicamente. Eu preferiria ser um cientista de primeira linha do que um médico de primeira linha. Sem comparação. Mas eu preferiria ser um médico de nível médio do que um cientista de nível médio. Sem resposta. No topo da pirâmide, a ciência oferece a maior carreira possível: liberdade absoluta, auto-realização absoluta, aclamação dos colegas, com a inveja sendo a única desvantagem - você e os outros. Você faz as perguntas que deseja e as responde. As desvantagens econômicas de se fazer ciência, salários baixos, perspectivas ruins de carreira - são mitigadas pelos melhores cientistas, dizem 1-5%. Em todos os outros níveis, a medicina é infinitamente melhor - você tem segurança financeira, respeito e ajuda os outros. Mas você é simplesmente um técnico que aplica descobertas feitas por outros: embora a medicina também lhe permita alguma liberdade para fazer ciência, a grande maioria dos médicos na era genômica não pode esperar publicar pesquisas no nível de qualidade superior. Portanto, a medicina é uma profissão, e provavelmente está no topo das carreiras profissionais, enquanto a ciência parece mais um "ser". Mas essa é apenas a minha opinião. Quando estou fazendo ciência, como, respiro e durmo. Quando estou fazendo medicina, estou: apenas "fazendo".