Balanço vs balancete

O balanço patrimonial é um resumo do balancete, particularmente nas contas de vendas e despesas

Não, um balancete inclui os saldos de cada conta do Razão e um balanço inclui apenas a parte superior do balancete, pois a parte inferior mostra as contas da demonstração de resultados.

Não, não é o mesmo. O balancete é uma lista de todas as contas contábeis contidas no razão de uma empresa, enquanto o Balanço é a declaração que mostra a situação financeira da empresa, analisando o capital, passivos e ativos em uma data específica.

Não são ambos diferentes. O balancete mostra o saldo de todas as contas contábeis. Alguns itens do balancete irão para Trading e P&L a / c. Portanto, nem todas as contas mencionadas ib Balancete aparecem no Balanço. O Balanço Patrimonial mostrará apenas ativos e passivos, enquanto todas as despesas e receitas aparecerão em Negociação ou P&L a / c

O Balancete é a lista do valor do saldo de todas as contas do General Ledger na organização para o período específico.

No período específico, todas as contas contábeis são fechadas e lançadas no TB como débito ou crédito. Dizem que o General Ledger é corrigido se a TB for conciliada. Observou que, para um novo contador, você normalmente ouve as pessoas dizerem TB, que significa balancete.

Para registros contábeis manuais, a TB é normalmente preparada pela Contabilidade como resultado do fechamento dos livros contábeis e também ajuda a confirmar que o livro contábil geral está preparado corretamente. No entanto, apenas porque o balancete é reconciliado, isso não significa que o razão geral esteja corretamente preparado e fechado.

Aqui está o conjunto completo de balancete: incluindo definição, exemplo, balancete ajustado e não ajustado

Não. Um Balancete (TB) é um documento de trabalho em andamento que as empresas mantêm internamente para registro durante o ano para todas as transações e movimentos de rotina (por exemplo, depreciação). Inclui não apenas ativos, passivos e patrimônio, mas também receitas e despesas - todas as entradas do razão geral.

Quando chega a hora da publicação das demonstrações financeiras, os valores relevantes da TB são condensados ​​para refletir os ativos, passivos e ações da empresa no final do ano, chamado de Balanço (também pode ser intitulado Demonstração da Posição Financeira). Outros números de TB iriam para a Demonstração de Resultados, Demonstração de Mudanças no Patrimônio Líquido e Demonstração dos Fluxos de Caixa.

Como uma analogia grosseira, você pode pensar na TB como todos os seus trabalhos matemáticos em um trabalho de exame e no Balanço como sua resposta final a uma das quatro perguntas principais do exame.

(A TB também é uma folha de resumo importante que os auditores se referem ao conduzir uma auditoria da empresa. Quaisquer distorções relevantes presentes na TB precisariam ser corrigidas antes que os valores da TB sejam transferidos para as demonstrações contábeis. O trabalho que os auditores realizam através da TB portanto, leva-os a opinar sobre as demonstrações financeiras da empresa.)

Conclusão: Não, um balancete e um balanço não são a mesma coisa. Diferença resumida: 1. Um balancete possui os saldos finais de todas as contas contábeis. Desses saldos, aqueles que são de contas nominais passam a formar a Demonstração de Resultados, enquanto aqueles que são de contas reais e pessoais passam a formar o Balanço. 2. O balancete tem pouca utilidade para os usuários externos das demonstrações financeiras. Até que os números sejam apropriadamente lançados no balanço patrimonial e na demonstração de resultados, esses números não fornecem muitas informações. Considerando que um balanço fornece uma grande quantidade de informações para os usuários. Balancete é o dado bruto a partir do qual as informações processadas chamadas Demonstração de Resultados e Balanço são extraídas. É por isso que um balancete não é distribuído às partes interessadas externas, juntamente com as demonstrações financeiras. 3. Um balancete é preparado antes de um balanço ser preparado. Isso é evidente nos pontos 1 e 2.

O método contábil de dupla entrada garante que, para cada débito, haja um crédito correspondente, vice-versa. Um balancete (TB) fornece a garantia de que tudo está em equilíbrio. Se, por alguma razão, não for, você examinaria a TB em detalhes para encontrar o desequilíbrio. Pode ser como encontrar uma agulha no palheiro.

No mundo de hoje, a maioria das empresas tem um sistema financeiro com cheque e saldo e não permitiria um lançamento contábil manual que não estivesse em equilíbrio. Como tal, a TB se tornou menos importante. Se, no entanto, o sistema financeiro tiver uma substituição ou simplesmente permitir um diário de um lado, a TB em detalhes seria um ponto de partida para encontrá-lo.

A TB é igual a um Balanço (BS)? Bem, não exatamente. O BS incluirá todos os ativos + todos os passivos (incluindo lucros acumulados) em detalhes. Há uma linha no BS que reflete os ganhos do acumulado do ano. Portanto, o BS deve mostrar que tudo está em equilíbrio.

Uma empresa desejará visualizar a Demonstração de resultados (IS), separada da BS e, enquanto a BS estiver em equilíbrio, a IS também deverá estar OK.