Atrações turísticas da floresta amazônica

Procure na internet agências de viagens locais bem recomendadas e escolha o passeio que mais lhe agrada. Não deixe de visitar o Rio Solimões, Manaus e as Ilhas Navilhanas no Rio Negro. Leve muito repelente e protetor solar com você e divirta-se.

Orçamento de viagem generoso? Reserve uma estadia em um dos chalés elegantes da selva.

Quarto no Anavilhanas Jungle Lodge

Além de serem sofisticados e simplesmente legais, eles também oferecem muitos pacotes com passeios e outros tipos de atividades, como passeios de barco, trekking, camping, visitas a vilas locais etc. Eles são caros, mas se você tiver um orçamento de viagem generoso, tenho certeza de que você pode obter muito de um desses alojamentos na selva.

A melhor forma é comprar uma excursão em agência de viagens. Os mais caros têm barcos com ar condicionado - recomendo fortemente barco com ar condicionado. Pode ser menos emoção, mas certamente menos dor e riscos. Em todos os casos, é uma boa idéia ter vacinas e repelente de mosquitos. A temperatura é escaldante e a umidade é muito alta por causa da enorme quantidade de chuva. A Amazônia não é semelhante às florestas europeias, é o que Alexander Humboldt chamou: O inferno verde. A viagem pode começar na cidade de Manaus ou pode ser em Belém.

Alternativa maluca: Bom, o melhor jeito é ir fundo na selva com uma preparação prévia e bem planejada. A viagem pode começar em Manaus (acessível de avião) e subir rios de barco. A infraestrutura e o suporte são precários ou simplesmente inexistentes. Cuidado com predadores selvagens como onças, crocodilos e peixes carnívoros e indígenas selvagens. Esteja preparado também com vacinas e repelente de mosquitos.

Outros lugares alternativos: Se você quer ver a vida selvagem o Pantanal um enorme pântano na fronteira com Brasil, Bolívia e Paraguai é, talvez, uma opção melhor. A infraestrutura não é boa, mas ainda há alguma. Cuidado, Pantanal não é Amazônia. A maioria dos estrangeiros acredita erroneamente que as florestas brasileiras são iguais em todos os lugares. O Pantanal tem uma estação chuvosa discreta (janeiro-verão) e uma estação seca (julho-inverno). As águas cobrem e revelam grandes áreas dependendo do mês em que você for lá.