A diferença entre católicos e cristãos?

Os católicos são cristãos que têm maior liberdade em seus ensinamentos do que a Bíblia diz. Eles usam a Bíblia, mas a Igreja Católica está historicamente repleta de corrupção. Isso significa que todos os católicos são corruptos? NÃO! No entanto, a Bíblia se manteve por si mesma e não precisa da pompa e brilho que os mais altos líderes católicos promovem.

Olha, ambos acreditam nos fundamentos do Cristianismo, o que basicamente quer dizer que:

1. Crença no nascimento virginal

2. Jesus viveu uma vida sem pecado

3. Jesus morreu como um sacrifício perfeito pelos nossos pecados

4. Jesus ressuscitou do túmulo 3 dias depois - nós também ressuscitaremos no futuro

5. Jesus era o Filho de Deus, o que significa que ele era Deus (não o irmão espiritual de Satanás)

Se você deseja se filiar a uma Igreja Católica, tudo bem. Tenho certeza de que existem alguns ótimos por aí! Apenas certifique-se de não depender do homem da frente para lhe dizer em que acreditar. Você tem que ler a Bíblia por si mesmo ou em algum momento você será enganado.

Parabéns por ser a 80.000ª pessoa a fazer isso aqui, em vez de pesquisar primeiro nos arquivos. Ele se tornou tão previsível que o incorporamos a um jogo virtual de bebidas. [* beber *] De qualquer forma, aqui está minha resposta preparada: o catolicismo é uma seita do cristianismo. Portanto, os católicos SÃO cristãos. Assim como uma tulipa é uma flor. Você notará que as únicas pessoas que dizem o contrário são cristãos etnocêntricos não católicos que acreditam que apenas sua própria seita pode ser os "cristãos verdadeiros". Sem dúvida, eles não aceitarão essa resposta para se sentirem melhor. O cristianismo é, como o nome indica, a religião que se concentra em Jesus Cristo, conforme descrito nos Evangelhos. Esta é a única característica que todas as seitas do Cristianismo têm em comum, e uma característica que distingue o Cristianismo de outras religiões do mundo (Hinduísmo, Judaísmo, Budismo, Islamismo, Sikhismo, etc.). É claro que nem todos os cristãos concordam sobre qual é a melhor maneira de lidar com Jesus. É por isso que você tem os luteranos, os católicos, os mórmons, os episcopais, os presbiterianos, os quakers, a Igreja da Ciência Cristã, Adventistas do Sete Dias, Batistas, Ortodoxos Gregos, Ortodoxos Russos, Ortodoxos Chineses, Pentecostais, Jesuítas, Calvinistas, Jeová Testemunhas e centenas de outras seitas. O catolicismo é simplesmente uma daquelas centenas de seitas. Portanto, a questão é: o que separa o catolicismo dos outros que listei? Bem, a Bíblia diz que Jesus instruiu Pedro a construir sua igreja. Os católicos acreditam que são essa Igreja. Eles vêem Pedro como sendo o primeiro Papa, que é um título que foi passado de um líder a outro até o atual Papa. Eles têm um foco notável em Maria e os santos (mas NÃO os adore, ao contrário do que você ouvirá neste tópico), junto com os sacramentos.

Rima, eu ficaria muito feliz em responder sua pergunta, mas não neste fórum. Recentemente, duas das minhas respostas foram relatadas por (estou assumindo) católicos, uma vez que as perguntas pertenciam ao catolicismo. Prefiro não perder minha conta porque eles não conseguem lidar com a verdade. Fui criado como católico e agora pertenço a uma igreja não denominacional que ensina a Bíblia.

Quando respondo às perguntas, faço backup de tudo o que digo para que outros possam tirar suas próprias conclusões. Deus é um cavalheiro e tento seguir Seu exemplo.

Os católicos acreditam em Jesus, então também são cristãos. Um cristão é uma pessoa que acredita em Jesus como seu salvador e Senhor. Os católicos acreditam: ~ Em um Papa como chefe da igreja. ~ Em Jesus como filho de Deus e salvador da humanidade. ~ Crê em confessar pecados a um padre todas as semanas para ter certeza de que eles estão livres de pecado. ~ Acredita que a mãe de Jesus (Maria) foi virgem para o resto da vida e não teve outros filhos. ~ Acredita que depois de morrerem, irão para o purgatório. Esse é um lugar onde eles serão refinados para que possam entrar no céu. Eles se consideram pecadores e não puros. ~ Acredita que sua igreja foi estabelecida por Pedro e é a igreja mais antiga. ~ rezar orações repetitivas com rosário. ~ acredita em (penitência) para estar bem com Deus. Sofrer para que Deus o agrade. ~ Bible tem "livros apócrifos" adicionados. * Para citar alguns ... Cristãos e outras denominações têm diferenças, mas o elo que é o mesmo é Jesus. Vamos tomar a fé não denominacional como exemplo: ~ acredita que Jesus é o Filho de Deus e salvador da humanidade. ~ Acredite no batismo do Espírito Santo. Qual é o mesmo poder que ressuscitou Jesus dos mortos. É o poder que cura as pessoas como fazia na igreja do primeiro século. ~ ore em uma linguagem celestial conhecida como "línguas". Presente de Deus. Acredito que Maria era virgem quando deu à luz Jesus, mas ela teve outros filhos depois dele. Então Jesus tinha 4 meio-irmãos e meia-irmãs. ~ Eles têm um "pastor" em vez de sacerdote. ~ Acredite que eles são justos aos olhos de Deus. ~ Não confesse pecados a um padre. Pode confessar diretamente a Deus ou a outras pessoas, se necessário. ~ ora ao Senhor somente e nunca a quaisquer imagens ou estátuas de Maria ou dos santos antigos. ~ Quer ser semelhante à igreja do primeiro século e ao livro de Atos com sinais, milagres e maravilhas. ~ a bíblia não tem os "livros apócrifos" porque eles foram escritos na idade das trevas quando Deus não estava falando ao homem (400 anos). Portanto, eles não foram incluídos. Espero que isso ajude você a ver que há diferenças. Ambas as religiões acreditam na salvação pela graça por meio da fé. aqui está um ótimo site para ajudá-lo a ouvir mais sobre a graça e a fé:

Deus te abençoê!

A pergunta que você quer fazer é "Qual é a diferença entre católicos e protestantes". Mas existem diferentes divisões dentro da fé cristã. Perguntar a diferença entre católico e cristão é como perguntar a diferença entre um poodle e um cachorro. Um católico é uma "raça" de cristãos como um poodle é uma "raça" de cães.

Agora, para responder à pergunta que você estava tentando fazer:

A Igreja Católica traçou sua estrutura organizacional desde os primeiros séculos da fé cristã. Surgiu por volta do século III e permaneceu como a seita mais importante da fé cristã até por volta do século XV.

A Igreja Católica tem um único líder (o papa) que é considerado a "voz de Deus" na terra. Tudo o que ele diz em seus pronunciamentos oficiais dentro da igreja é tratado da mesma forma que as Escrituras. As tradições que os papas estabeleceram têm o mesmo peso na teologia católica que as escrituras. Eles consideram a tradição e a escritura "a palavra de Deus".

Como tal, eles possuem várias doutrinas que são difíceis de apoiar nas escrituras. Isso incluía rezar aos santos e a Maria, o rosário, o purgatório (um lugar onde você pode ser salvo depois de morrer), aquele padre não pode se casar, que o pão e o vinho da comunhão se tornem o corpo físico de Jesus, a necessidade de realizar penitências e outras obras a serem perdoadas, a necessidade de confessar seus pecados a um padre, e que Maria nasceu vrigin, permaneceu virgem por toda a vida e ascendeu ao céu.

No século 15, um monge alemão chamado Martinho Lutero começou a questionar a Igreja Católica e seus ensinamentos. Ele sentiu que algumas coisas como a venda de indulgências (onde por uma taxa você poderia comprar um documento que oferecesse perdão por um pecado, e então você poderia cometer aquele pecado sem medo do castigo de Deus). Seu timing foi perfeito porque ele apareceu bem quando a imprensa foi inventada, então os papéis que Lutero escreveu foram impressos e distribuídos por toda a Europa. Como resultado, seu "protesto" contra a Igreja Católica tornou-se um movimento, e as igrejas "Protestantes" nasceram.

As igrejas protestantes gerais rejeitam a autoridade do papa e olham apenas para a Bíblia como sua fonte de doutrina. A crença de que a salvação vem pela fé somente em Jesus, e não precisa de comunhão, batismo, penitências ou outros rituais / obras para ser salva. Então, tendem a ser menos formais e têm menos rituais do que a Igreja Católica. Eles não acreditam em orar a ninguém além de Deus, confessar diretamente a Deus e permitir que seus ministros se casem.

As igrejas protestantes não são uma única "igreja" como a igreja católica, mas um "protestante" é qualquer cristão que não seja católico ou ortodoxo (a principal divisão cristã na Europa oriental e na Ásia). Mas eles são divididos em centenas de grupos diferentes (muitas vezes concorrentes), cada um dos quais é diferente em suas crenças. Portanto, ser capaz de listar coisas em que TODOS os protestantes acreditam é quase impossível. Cada um dos diferentes grupos varia em suas crenças e / ou na forma como atuam essas crenças.

Em primeiro lugar, os católicos são cristãos. Você separá-los é como separar pizza de comida, maçãs de frutas, nova-iorquinos de americanos, não faz sentido algum. O catolicismo não é uma denominação. É a única Igreja, eu chamo outras comunidades cristãs de igrejas apenas por concessão. Cristo fundou apenas uma Igreja e uma Igreja existirá até o fim dos tempos, não uma simples denominação. O catolicismo é o verdadeiro cristianismo. Jesus estabeleceu a Igreja Católica em 33 DC, não mais de 38.000 denominações. Com as 38.000 denominações de Cristãos Protestantes, suas crenças são todas diferentes, sendo que todas têm uma interpretação diferente da Bíblia. A Igreja Católica compilou e canonizou a Bíblia Sagrada no século 4. As crenças dos protestantes são antibíblicas. Suas igrejas não começaram até 1500 anos depois de Cristo. Eles expressam sua imbecilidade com ministros protestantes mal treinados fazendo sua própria lista dos dez primeiros para a salvação. E pregue o Evangelho de acordo com eles. O que é teologia fraudulenta e pregação errônea que se tornam discursos protestantes fúteis e não escrituras. Que elaboram suas próprias versões de Fé e auto-exaltação. Eles são simplesmente charlatães que acreditam na doutrina do crer-ismo fácil e um mensageiro cósmico Jesus que está à sua disposição. A falta de uma autoridade de ensino definitiva na igreja fundada faz muitas fundações individuais pensarem que têm uma linha direta com Deus, não obstante toda a Tradição Cristã e a história da exegese bíblica (uma mentalidade "Bíblia, Espírito Santo e eu"). Essas pessoas geralmente são mal educadas teologicamente, não são ensinadas, não têm humildade e não têm por que fazer declarações presumidas "infalíveis" sobre a natureza do Cristianismo. Católico †

Sou um cristão membro da Igreja Católica. Os protestantes fundamentalistas podem tentar convencê-lo de que sabem tudo sobre o catolicismo, mas aqui está o que os católicos realmente fazem e não acreditam: 1) Adoramos a Deus e somente a ele. Qualquer pessoa que lhe diga que adoramos Maria, os Santos, o Papa ou qualquer outra pessoa está cheia de muffins de alce. 2) Cremos que o único meio de salvação é através do Precioso Sangue de Jesus, derramado na Cruz como o sacrifício perfeito pelos nossos pecados. Não acreditamos em um "falso evangelho de obras", e idem sobre os muffins de alce para quem disser o contrário. 3) A doutrina católica é formulada por meio das Escrituras, do Magesterium (os estudiosos e teólogos da Igreja) e da tradição sagrada (aquelas coisas que nos foram transmitidas desde os dias anteriores à compilação da Bíblia pela Igreja Católica). deve concordar com os outros dois e não pode contradizê-los de forma alguma. Os protestantes afirmam acreditar na "Sola Scriptura (somente pelas Escrituras)", mas o que isso realmente significa é "Somente pela minha interpretação das Escrituras". Como a interpretação de uma pessoa é tão boa (ou ruim) quanto a de qualquer outra, os protestantes discordaram e se dividiram em 35.000 denominações, seitas e grupos dissidentes diferentes. 4) Os católicos acreditam na transubstanciação: ou seja, o vinho e o pão da Comunhão se tornam o Sangue e o Corpo de nosso Senhor Jesus. Muitos protestantes acreditam que a Comunhão é um memorial ou um símbolo. Os católicos também acreditam no Sacramento da Reconciliação e Penitência (isto é, Confissão), enquanto os protestantes geralmente acreditam em confessar seus pecados em particular. 5) Por último, mas não menos importante, os católicos tendem a ser um grupo de cristãos tolerantes e pacientes que tentam viver de acordo com suas crenças por meio do serviço aos outros. A maioria de nós não sai por aí atacando nossos irmãos e irmãs protestantes em Cristo e dizendo a eles que eles não são cristãos de verdade. Protestantes Fundamentalistas. . .não tanto às vezes. Essas são algumas das áreas em que os cristãos católicos e os cristãos protestantes costumam ser diferentes. Se você tiver alguma dúvida, edite sua postagem e tentarei respondê-la para você. Deus abençoe! Edit: Há muffins de alce protestantes suficientes aqui esta noite para abrir uma padaria.

Que igreja poderia durar 2.000 anos e alguém não saber que O Espírito Santo através do Testemunho de Jesus Cristo, tem impedido a porta do inferno de prevalecer contra ela? Existem 7 sacramentos, que Jesus Cristo instituiu: 1.) Um: Batismo: Jesus Cristo, pouco antes de subir, instruiu SEUS apóstolos a pregar o Evangelho, batizando-os em nome do Pai, do Filho Jesus Cristo e do Espírito Santo 2.) Confissão: ELE disse a SEUS apóstolos, "Cujos pecados vocês perdoam são perdoados no céu, cujos pecados você reteve eles são retidos. 3.) Sagrada Comunhão: Jesus Cristo, toma o pão e diz:" Este É MEU CORPO, então pega o vinho e diz: "ESTE É O MEU SANGUE bebida para o perdão dos pecados." Jesus Cristo, "Você deve comer MEU Corpo e beber Meu Sangue para ter Vida Eterna." 4.) Confimação: A imposição de mãos, o batismo do Espírito Santo. 5.) Matrimônio: Jesus Cristo: "Não disse Deus, no princípio que os dois serão um, o que Deus uniu, o homem não separe." 6.) Unção dos enfermos: Quando Jesus Cristo estava para ascender, "Unção que cura os enfermos." 7.) O Sacerdócio: E lançaram sortes sobre a substituição de Judas pelos Apóstolos. E assim tem sido, desde que Pedro, a Igreja Católica, pode nomear cada sucessor ... Que eles chamam de Bispo de Roma, e Papa ... "O Evangelho, o Poder de Deus para a Salvação." E quem é o anticristo? 1 João cap.2: 22 "Quem é o mentiroso senão aquele que nega que Jesus é o Cristo? Ele é o anticristo, que nega o Pai e o Filho." Um Anticristo = 1 João 4: 3 "E todo espírito que não confessa que Jesus Cristo veio em carne NÃO É DE DEUS: e este é o espírito do anticristo, do qual ouvistes que havia de vir; e AGORA JÁ É NO MUNDO. " "Se você não acredita que EU SOU ELE, O Messias, você morrerá em seus pecados." Jesus Cristo.

Como muitos já disseram, os católicos SÃO cristãos.

Existem muitos tipos de cristãos.

Luterano, Metodista, Evangélico, Batista, Pentecostal, Sociedade de Amigos (também conhecida como Quakers), Santos dos Últimos Dias, Adventistas do Sétimo Dia - todos são cristãos.

Também há uma variedade de católicos. Claro, a maioria das pessoas está familiarizada apenas com o Rito Romano. Há também bizantino, siríaco, armênio, eu mesmo sou franciscano, cartuxo, carmelita.

Todos os católicos são cristãos. Mas nem todos os cristãos são católicos.

O rito anglicano é encontrado sob a égide da Santa Sé, mas a Igreja da Inglaterra (também conhecida como anglicanos) não.

Não adoramos o papa.

Não adoramos Maria.

Não adoramos estátuas.

É difícil descrever as diferenças, pois existem tantos tipos diferentes de cristianismo. Cada tipo vê Deus de uma maneira diferente. O catolicismo é, no entanto, o mais antigo e inalterado. Para muitos cristãos não denominacionais, é praticamente uma liberdade para tudo o que eles acreditam.

A hierarquia da Igreja Católica é muito diferente de muitas denominações. Um grupo de pessoas muito sábias que se reúnem e discutem questões de fé. Eles guiam a comunidade da igreja. No topo está o Santo Padre. O Papa. Cardeais, bispos e arcebispos até pastores.

Transubstanciação - crença de que a Eucaristia É o corpo de Cristo, como ele nos diz no Evangelho de João, capítulo 6.

Os ramos oriental e ocidental do catolicismo fazem as coisas de maneira um pouco diferente. As igrejas ocidentais têm missa e fazem o sinal da cruz, testa, umbigo, ombro esquerdo, ombro direito. As igrejas orientais têm a Divina Liturgia e fazem o sinal, testa, umbigo, ombro direito, ombro esquerdo.

Enquanto a maioria dos cristãos freqüenta uma igreja com uma forma de culto, os católicos podem freqüentar uma variedade de serviços. Ou nasce para um rito, ou quando um adulto escolhe um rito. Por exemplo, se eu não fosse um membro da Ordem Franciscana Secular, acho que me tornaria bizantino. Mas as ordens são, na maior parte, Rito Romano. O Rito Siríaco ainda é dito em Aramaico. Não era bem o aramaico que Jesus falava. Mas muito parecido.

"O que nos separa como crentes em Cristo é muito menos do que o que nos une." (Papa João XXIII)

Quase toda a doutrina é totalmente aceita entre os cristãos católicos e outros cristãos.

Aqui está a declaração conjunta de justificação por católicos (1999), luteranos (1999) e metodistas (2006):

Só pela graça, pela fé na obra salvadora de Cristo e não por qualquer mérito de nossa parte, somos aceitos por Deus e recebemos o Espírito Santo, que renova nossos corações ao mesmo tempo que nos equipa e nos chama para as boas obras.

A principal diferença parece ser a fonte da autoridade que Deus deu aos humanos neste mundo.

Os protestantes acreditam que

+ A Bíblia é a única autoridade infalível

+ A Igreja é apenas uma reunião amigável de crentes, todos os quais têm sua própria autoridade para interpretar a Bíblia por si mesmos

Os católicos acreditam que Deus:

+ Estabeleceu Sua Igreja com autoridade divina

+ Passou esta autoridade de pessoa para pessoa em uma cadeia ininterrupta dos Apóstolos aos bispos de hoje

+ Deu à Igreja o depósito da fé (nem tudo incluído na Bíblia)

+ Usa o poder do Espírito Santo para preservar e aprofundar a compreensão desta verdade dentro da Igreja

+ Inspirou a Igreja a escrever os documentos que se tornariam o Novo Testamento

+ Inspirou a Igreja a selecionar quais documentos seriam incluídos na Bíblia

+ Inspira a Igreja a interpretar corretamente as Escrituras

Para obter mais informações, consulte o Catecismo da Igreja Católica:

Com amor em Cristo.

Antes de começar, gostaria de dizer que, se algo for considerado ofensivo, sinto muito. Agora com isso dito ...

Eu estava curioso para saber qual era a diferença entre o mencionado acima. Vindo dos olhos de um estranho de alguém que não sabe muito (sem falar que eu sou uma garota de dezessete anos,; D << Sem desculpa xx), não vejo muita diferença entre os dois. No entanto, sei que outros têm opiniões mais fortes sobre isso. Mas opiniões não é o que eu quero, respostas por outro lado, são muito bem-vindas.

Você vê, eu quero uma comparação basicamente. O que um faz que o outro não? Coisas como essa seriam muito úteis. Admito que nos últimos anos me vi sendo puxado mais para o lado religioso, tendo crescido sem ele, fiquei bastante curioso. Já examinei outras religiões, mas essas são as duas nas quais mais me interessei, então seria bom ajudar.